[Resenha] - Até o fim - Cris Valori

Olá amores meus, mais uma resenha pra lá de especial, afinal de contas esse livro da Cris Valori - nem preciso falar pra vocês novamente que estou apaixonada pela escrita dessa autora - me pegaram de uma maneira que não quero nunca mais parar de ler.







































O livro Até o fim, da Editora Qualis, traz a história de Paulinha, uma mulher que sempre foi determinada a conquistar plateias através de sua dança - de modo a dedicar-se exclusivamente a seu sonho e deixar outras coisas de lado, como sua família, amigos e principalmente o amor de sua vida.

No entanto, o destino resolve mudar totalmente o rumo de sua vida - que estava maravilhosa, ao menos em relação a realização de seu sonho - de modo que ela não teve como dar continuidade a seu sonho e acabou em certo momento se entregando e tendo que voltar.um minuto sequer.

"Não sei qual o verdadeiro motivo para você abandonar sua carreira justamente agora, Paulinha. Muito menos por que pretende me esconder as razões. Nem pense que acredito, nessa desculpa de que está na hora de parar..."

Pois é, assim é a vida, ás vezes nos faz voltar pra uma situação para entendermos que nem sempre o que queremos é o melhor pra gente. Esse reencontro a fez pensar em alguns momentos que perdeu o controle de sua vida, mas também a fez entender que só o amor é capaz de fazer a gente superar as adversidades e empecilhos da vida e que por mais que tentamos enganar as pessoas que amamos, querendo esconder algo, sempre a verdade aparece, mesmo que pra isso tenhamos que sofrer algumas consequências pra entender que sozinhos não somos nada.


Algo que me chamou muito, mas muito a atenção é o fato de a autora ter contado a história de personagens secundários de um livro que já resenhei por aqui - Notas de Amor - pra quem leu a resenha, vai lembrar de Felicitá, a amiga de Paulinha,

Mais uma vez meu best Renato Klisman foi o capista, arrasando como sempre!

Apesar de se tratar de um livro todo voltado para a importância de ter fé, não tem cunho religioso e isso a autora deixa claro.







"Longe de ser uma história de cunho religioso, ela fala de amor, esperança, família e resiliência. E espero que essa mensagem tenha ficado clara. Não podemos, independente de qualquer crença, perder a nossa fé".









Por último e não menos importante, a autora trouxe mais uma play-list maravilhosa que vale a pena e enche nossos ouvidos, recomendo.

Beijokas

2 comentários :

  1. Amei a resenha!❤😍 Obrigada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que tenha gostado tanto quanto eu gostei de seu livro.
      Obrigada pela visita!
      Beijokas!!!

      Excluir

Deixe seu comentário