[Resenhas] - Mulher Fora da Vitrine: Contos e Crônicas - Grazy Nazario

Olá amorecos, pois é, estou mega sumida - pra quem me acompanha sabe que tive alguns obstáculos na vida, mais estou de volta - e nada melhor que voltar com chave de ouro, o livro da linda Grazy Nazario (conheci ela no meu trabalho, como cliente e virou amiga do blog já) Mulher fora da Vitrine, traz contos que além de bem gostosos de ler, trazem uma carga de conhecimento, informação e sentimentos dos mais diversos a respeito do empoderamento feminino, que pra quem curte, não pode ficar sem ler.




Cada um dos contos traz uma história diferente, regada de emoção das mais diversas, além de trazer momentos de reflexão para nossas próprias vidas.

"Porque as pessoas querem escolher as coisas que elas não vão viver?... Todo esse tempo de sofrimento foi importante para mudanças. Muitas vezes para vivermos o que somos, precisamos abrir mão daquilo que já fomos..." (Conto O diário de uma Borboleta)







Em cada página do livro é possível sentir uma carga enorme de verdade e emoção tanto que em alguns momentos sentia vontade de mostrar pra fulano ou beltrano - que me fazia lembrar determinado conto.

Tem um conto que chama Amélia - que a autora faz uma analogia com a música "Amélia que era mulher de verdade" que eu achei maravilhoso.

"Com ou sem vaidade, não é você que diz se eu sou mulher de verdade.".


Assim como tem outros que envolvem violência contra a mulher, relacionamento abusivo, tomada de decisões pela mulher, livre arbítrio e outros mais - que provavelmente lhe fará lembrar de alguém, ou de si mesma se for mulher.

Os contos que mais me fizeram pensar e que eu mais gostei foram - Sem noção de obsessão - que traz a história de uma menina com o sonho de ser bailarina e A outra chance - que mostra até onde vai o desespero de uma mãe e o amor de um filho. Novamente vos digo, leiam e escolham seu conto preferido.




Quanto ao livro, ele trás alguns erros de edição, mas nada que impossibilite a leitura - e isso a própria autora me deixou claro. Do mais é um livro maravilhoso, que mais que recomendo a leitura.

Ah galerinha, a autora tem uma página Guerrilha Feminina (clique AQUI) que compensa muito dar uma conferida.

Por hoje é só, beijokas!!!

[Resenhas] - Vita Brevis - Jostein Gaarder

 
Olá amorecos, hoje trago um livro que há tempos estava na estante e que deu uns cinco minutos e resolvi ler, e para minha surpresa encontrei várias mensagens interessantes, que a meu ver muitas pessoas iriam gostar de ler.

Vita Brevis, de Jostein Gaarder - Companhia das Letras, traz uma carta encontrada em um sebo, escrita de Flória Emília para Aurel - Santo Agostinho - Padre da igreja católica.

"Quem seria a mulher que poderia ter escrito uma longa carta a ele, já que a caixa continha pelo menos setenta ou oitenta folhas?...".

Achei a carta bem intensa e por vezes bem dolorida por parte de Vita, que não aceitava que o fato de Aurel ter largado o amor de sua vida para salvar sua alma - por conta da sua escolha religiosa.


"A vida é tão curta... que agonia espiritual atravessaste porque permitias mais e mais ficar convencido que terias de rejeitar o próprio amor em nome da salvação da tua alma!.


A edição do livro está uma graça e o autor arrasa na escrita, já que o livro é uma delícia de ler, e uma leitura fluída. Mesmo sendo com uma temática bem intensa.

Por hoje é só amorecos!
Beijo Beijo!!!


[Entrevista] - Ricardo Biazzotto

Oie amorecos, hoje trago mais um autor que participou do livro Bastidores: Um dia na vida de um Blog Literário (Resenha AQUI) e em seu conto traz a experiência que é conhecer uma autora e depois tê-la como parceira - acredite, é uma emoção tamanha.


Ricardo Biazotto, 25 anos (entrevista dada em Agosto/2018) ama ler pelo fato de a leitura ter se tornado uma companheira "principalmente por proporcionar momentos de calmaria e de muito conhecimento... pelos benefícios que ela é capaz de causar em cada pessoa".

Seu primeiro livro lido foi "O Saci - Monteiro Lobato", livro este que pegou emprestado na biblioteca - que hoje faz estágio.

"A leitura agrega conhecimento e garante também o exercício de cidadania de uma pessoa, que passa a utilizar da leitura para compreender o mundo e saber como ser capaz de muda-lo".



Seus livros favoritos são os do Dan Brown - um dos autores que o fizeram começar a escrever. E se pudesse ser um personagem menciona que seria Robert Langdon, para quem leu DB sabe que se trata do protagonista de suas histórias, maravilhosas a meu ver também!




 FALANDO DE SEU BLOG

Over Shock, surgiu em 2010, após conhecer a fundadora do blog em uma comunidade do Anime Friends no Orkut. Ela tinha um blog com algumas amigas, chamado “Zona de Risco”, e queria criar um blog de humor, por isso me convidou. No começo essa era a proposta do blog, mas quando toda a equipe deixou de publicar, mudei a temática e passei a me dedicar aos livros e a Cultura em geral (teatro, cinema, música etc.), sendo fundamental para muitas coisas que já fiz. 

"Ser blogueiro te coloca em contato com muitas pessoas muito legais (posso dizer que conheci muitos dos meus amigos graças ao blog) e te incentiva a realizar grandes coisas, o que às vezes serve como uma válvula de escape. No entanto, também exige muita dedicação e paciência, para não se tornar apenas mais um — e isso pode ser muito cruel".

Por hoje é só amorecos! Espero que tenham curtido conhecer mais um autor e blogueiro, ou blogueiro e autor.
 

[Resenhas] - Senhora Pombagira Rosa Caveira - Ed Sant´Anna

Olá amorecos, hoje depois de bastante tempo trago a resenha do livro Senhora Pombagira Rosa Caveira - Ed Sant'Anna, da Editora Scortecci.

Sei que se trata de um livro que muitos talvez não curtam - devido a parte religiosa existente no livro, mas a história em si vale a pena ler por está repleta de ensinamentos para vida, e mais que isso, aqueles que tem pré conceitos a respeito da figura sagrada Pombagira - conhecerem quem de fato são essas mulheres que hoje precisam lutar com seus médiuns contra a intolerância religiosa.



"Dona Rosa Caveira nos cerca e atinge nesse conto seus propósitos, como o de mexer com os sentidos de quem o ler para que este possa soltar suas amarras e travar a ideia do real objetivo da evolução espiritual, pois a vida é a oportunidade máxima e não se espera que a felicidade venha bater na sua porta".

A história traz Rosa Caveira - como é conhecida hoje na religião umbandista - e que história linda e cheia de ensinamentos gente.

Rosa teve uma vida de muito sofrimento e injustiça e isso a fez se tornar uma pessoa vingativa e cheia de maldade - diante a esse cenário ela narra como foi seu caminho até a evolução espiritual, além de quebrar a associação que ainda existe a respeito dessas entidades a forças malígnas - mostrando que sim, as pombagiras são seres que auxiliam no caminho do bem.

"Pombagira não é mulher da vida, tampouco promíscua; é sim, um ser de grande força e luz que nos traz, com sua alegria e sedução, ensinamentos para se ter uma vida melhor".


Esteja com o coração preparado, pois se trata de uma história bem intensa e cheia de momentos bem angustiantes, mas cheios de ensinamentos para a vida.

"... Ela não é diabo, nem faz o mal...
...trabalham na força do astral...
É energia que revigora e alimenta minha fé...
Vá buscar conhecimento pra se livrar desse preconceito..."

Enfim, o livro e lindo, a capa nem se fala, eu particularmente amei - e a edição está sensacional. Tem uma parte destinada a líderes religiosos a falarem sobre a figura Pombagira, o que complementa a história em si e o objetivo da obra que a meu ver é quebrar a intolerância que ainda existe a respeito dessa figura "Pombagira" até mesmo dentro da religião.

Espero que tenham curtido, beijokas!!!

[Resenhas] - Sebastian - Bella Prudêncio

Olá amorecos - estava eu passeando pelo Instagram e heis que vejo essa capa linda e resolvo pesquisar mais a respeito do livro - e para minha surpresa, trata-se de um nacional (amoooo) e consegui que a autora Bella Prudêncio e a Editora Oficina Raquel me enviassem uma cópia para resenha aqui no blog, quem não ama isso né!!!

Então vamos lá... 








"Um acidente aproxima Solveig e Sebastian, dois jovens (e primos) que vivem um romance quente (e bota quente nisso) e sexy, como cenário a Romênia".











Solveig, ou Sol como é chamada, precisa ir para Romênia, até então para a casa de suas tias, mas o destino resolveu dar outro rumo para sua vida e quando achava que não tinha mais esperanças já que a casa de suas tias pegou fogo e todas morreram, surge Sebastian, um primo de terceiro grau que se oferece para ela seu apartamento como moradia, a partir de então sua vida muda completamente.
E pra completar a história toda, Sebastian era aquele primo gato, inteligente, educado e sexy, mesmo quando come um hamburguer.

"Ele deu uma enorme mordida no hamburguer, com aqueles olhos azuis perfeitos olhando fixamente para mim...".

Só que para surpresa de Sol, ela estava mudando a vida de Sebastian de tal maneira que estava com medo do que teria de enfrentar por ser sua prima.

"Você me trouxe uma sensação de vitalidade... você fez com que tudo isso tivesse um sentido, uma razão. Eu confiaria minha vida a você...".

Claro que não poderia faltar aquela pitada de ciúmes, as vilãs da história - que graças a Deus a autora não trabalhou muito com isso e os desencontros do casal - mas vale a pena ler pra saber o desfecho dessa história maravilhosa.

 
A autora escreve muito bem, quando percebi já tinha finalizado a leitura, de tão fluída que é sua escrita - por favor escreve mais.

E o que falar dessa capa, que foi o que mais me chamou a atenção de início - cada detalhe pensado agora que li a história sei bem - e esse título com o nome do protagonista mais lindo de bonito. A única coisa que recomendaria a autora era repensar a capa não pelo fato de não estar boa, mas sim por remeter a algo mais voltado para jovens, e a meu ver é mais pra maiores de 18 anos - ou eu que sou meio tiazona rsrsrs.
A edição está belíssima, completando a história e a capa que pra mim estão lindas!!!!



Por hoje é só amorecos, espero que tenham gostado, conte ai nos comentários!

 

[Entrevista] - Teca Machado

Olá amorecos, hoje trago pra vocês maus uma entrevista maravilhosa - com uma das autoras do livro Blogueiros.com - espero que gostem.

































Teca Machado, 20 anos.

"Eu não estou louca.
Pelo menos acho que não.
Ou será que estou?
Porque o que acabou de acontecer não é normal.
Juro.
Será que eu dormi em cima do teclado do computador e não percebi?
Só pode ser isso. Um sonho!..."

Além de autora, ama ler - "sou uma apaixonada... quando alguém me conta, enfim, de qualquer jeito. Mas quando as histórias vem dos livros elas têm um sabor especial, porque entro no enredo, faço parte daquilo que está acontecendo nas páginas...".
Lançou dois livros e participou de alguns contos, um deles o Conversas Literárias, do livro mencionado a pouco - que conta a experiência de comprar um computador que ao postar as coisas viram realidade - e um dia que ela escreveu um conto, de repente é transportada para dentro do conto e vive as fantasias mais gostosas que um leitor poderia querer.

"Encontrei-me com um sábio elefante, fiz amizade com um dragão... nadei com uma sereia..."


Falando de seu lado leitora, ela não lembra qual seu primeiro livro lido, mas um dos primeiros livros lido ela menciona que foi "Meu Pé de Laranja Lima, José Mauro Vasconcelos".

"Não lembro muito da história, mas recordo que chorei muito e fiquei pensando "livros para adultos são muito tristes"".

Para ela, a leitura é capaz de dar ao leitor além de criatividade, novas maneiras de enxergar o mundo, além de aprendizado constante - e não menos importante a leitura pode fazer com que quem lê desligue-se do mundo real (e do celular) mesmo que por um tempo.


Sua leitura atual é "Dias de despedida - Jeff Zentner - Editora Seguinte" - "Meu Deus que livro intendo, que está bagunçando os meus sentimentos. É triste, doce, melancólico e especial...".

Quando questionada sobre qual seu livro preferido, não pestanejou  e respondeu igual a muitos leitores - "Essa talvez seja a pergunta mais difícil do mundo!" - mas tem um xodó no momento, que é "Corte de Espinhos e Rosas - Sarah J. Mass - Editora Record".








Se pudesse ser um personagem, menciona que seria uma mocinha de romance de época por cont do gênero oferecer um final feliz e uma vida cheia de amor geralmente.

Conheçam o blog dela: http://www.casosacasoselivros.com/


Por hoje é só amorecos, espero que tenham curtido conhecer essa lindeza - Entrevista 2018 - e que continuem acompanhando o blog.

Beijokas!!!