[Resolvi Escrever] - Deixe as borboletas voarem, a que quiser ficar, ficará!

Hoje começo por aqui de uma maneira diferente, pelo simples fato de tantas coisas acontecerem em nossa vida e nos fazer entender que nem tudo é do jeito que queremos, mas pode ser menos doloroso, se nos fizermos entender.


























Fazendo uma analogia com as borboletas, que são tão livres depois que saem do casulo, elas decidem onde elas querem ir, e onde querem pousar e alegrar o dia daqueles que tem a oportunidade de vê-la.
Para uns sorte, para outros mau agouro, mas ali estão elas desfilando com suas lindas asas e cores.
Na vida temos a mania de querer guardá-las num pote só pra gente e não deixar nunca mais ela sair dali, mas concorda que se ela quisesse ficaria e nem precisava você aprisionar?!

Assim são as pessoas e as coisas nas nossas vidas, por "amor", acabamos querendo que mesmo contra vontade elas fiquem ali, pra sempre.
Eu particularmente já quis sim, que pessoas ficassem comigo pra sempre, trabalhos fosse eternos, amizades nunca acabassem... lembro a primeira borboleta que pousou levemente em minha vida e eu em minha inocência de criança achei que sim, seria eterna, e deixa eu te contar, nada é eterno e nem permanece em nossas vidas o tempo que queremos, mas, o tempo necessário pra aprender algo, é preciso que saibamos tirar proveito desses momentos, afinal, quando elas decidem bater asas e voar, podem não mais voltar.
Dói sim, mas pra seu bem e para o dela, deixe-a ir, isso é sabedoria e maturidade, quem sabe um dia ela volte, mas não crie expectativas, elas doem ainda mais, apenas guarde os bons momentos que teve ao lado dela e deixe-a colorir o dia de outras pessoas, se for sua, ela volta, caso contrário, aparece outra, pode acreditar!

Espero que em minhas poucas palavras, mas de coração, que pra alguém sirva esse pedacinho dos meus pensamentos!

Beijokas!!!

Esse e mais textos disponível em: https://www.wattpad.com/myworks/225136681/write/885332166

11 comentários :

  1. Oiii!

    Acho que todo mundo já ouviu a musica que fala: que seja eterno enquanto dure... Não é fácil perder algo, alguém, ou até mesmo uma rotina... Concordo quando diz que devemos deixar as coisas fluirem... A gente só aprende depois que cresce e amadurece... Até quando alguém está contigo há anos, nunca vai ser como antes porque nós mudamos e amadurecemos e nossas relações mudam...
    As vezes as coisas tem prazo e na hora não vamos entender, mas no futuro tudo fará sentido.

    Gostei muito do seu texto! poste mais assim :)

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie ani tudo bem amore, que bom saber que gostou!
      Tem mais lá no Wattpad e aqui no blog mesmo!
      https://www.wattpad.com/myworks/225136681/write/885332166
      Obrigada pela visita!
      Beijokas!

      Excluir
  2. A gravura do seu post já me deixou sensibilizada.... Amo borboletas. Já vou lá pro Wattpad agora conferir essa história.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie amore, que bom.
      Espero que goste lá dos textos do wattpad!
      Beijokas!

      Excluir
  3. Olá, tudo bem? Menina, que tiro esse texto! Nossa, não sei nem o que dizer, acho que vou imprimir ele e colar na minha parede, hahaha. Sério, eu concordo com tudo o que tu falou, e sem dúvidas essa forma de pensar é muito madura. Amei, amei!!!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie amore,
      Que felicidade saber que gostou, ás vezes a gente escreve despretensiosamente e tem um comentário maravilhoso como o seu!
      Gratidão!
      Beijokas!

      Excluir
  4. Olá, como vão as coisas?

    Concordo bastante contigo. Às vezes pessoas (e oportunidades) aparecem em nossas vidas e a gente acha que será para sempre, porém, tão logo se vai... Ficamos mal, em um primeiro momento, mas a vida sempre acha uma maneira de nos mostrar que tem algo melhor reservado, não é? Adorei o texto, parabéns!

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Grazi.
    Adorei o seu texto e quando penso nisso sempre me lembro da minha mãe que diz uma frase até engraçada: "O novo empurra o velho!". E ela sempre me disse isso quando me via apegada demais ao que fosse: amigos, amores, bens materiais... Cresci com essa lição de que, quando abrimos nos abrimos para o novo, a gente supera o que já passou! Se você se permitir olhar para toda a beleza da paisagem, nem vai sentir tanta falta da borboleta que foi embora!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  6. Às vezes as coisas boas de nossa vida aparecem de surpresa, igual as borboletas, nos satisfazendo e rapidamente nos deixando, mas faz parte. Seu texto está perfeito e irei conferir mais no watpadd.

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do seu texto, é bom quando estamos inspirados desabafar em palavras. E o que vc disse é uma verdade. Eu também já passei por isso, queria ficar em um grupo, forçar uma associação e isso só me trouxe muito desgosto. Viva e deixe viver.
    bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  8. Oi Grazi!
    Amo borboletas e essa analogia que fez foi fantástica, quando era adolescente criava certas expectativas as vezes sobre mim mesma e acabei me decepcionando, agora que sou adulta, sempre tento tirar o melhor da vida, das pessoas principalmente pois nada é duradouro, então me sensibilizo por suas palavras pois é bem assim que me sinto, bjs!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário