[Resenhas] - Doce Persuasão - Maya Banks

Olá amorecos, tudo bom com vocês - conforme prometido - estou voltando aos poucos, espero que dessa vez seja só pra progredir e não ter de sumir novamente - sabem como é correria de trabalho - afinal de contas ainda não sou rica (rs).



Hoje trago pra vocês a resenha de um livro que adquiri na Bienal do Livro 2018, e simplesmente fiquei encantada pela capa e super, mega, ultra, power curiosa pra ler e para minha surpresa, estou apaixonada pela história e curiosa pra ler mais livros da autora.

Doce Persuação - Maya Banks, da Editora Novo Século, traz a história pra lá de interessante de Serena James, proprietária da empresa Fantasy Incorporated - empresa essa destinada a satisfazer todas as fantasias dos clientes, no entanto, Serena guarda para si uma fantasia pra lá de diferente - entregar seu corpo todo a um homem, mas não simplesmente entregar - ser posse de um homem.




"Vocês conhecem alguém que realize fantasias sexuais?... O fato de que dedico tanto tempo e energia para tornar realidade a fantasia dos outros, mas ignoro as minhas... ser a escrava sexual de um homem..."

Sei que as feministas de plantão vão ter muito o que criticar, mas trata-se de uma literatura erótica, que não necessariamente eu seja ou não a favor, mas gosto muito de ler pra descontrair e conhecer um pouco mais sobre esse universo erótico que muito me instiga.

Desse modo, Serena é apresentada para Damom Roche, dono de um clube de sexo, chamado "The House" - o homem que irá realizar suas fantasias mais obscuras e mais do que isso,mostrar a ela que sua fantasia vai mais longe do que ser somente uma "escrava sexual".

"Espero que explore seus limites quando estiver comigo e não seja tão rápida a recuar... as cortinas tivessem sido escancaradas, expondo a verdade, jogando luz sobre uma sombra..."


Pra finalizar mais uma resenha, convido-os a ler essa belezura que me prendeu completamente, como se eu fosse Serena, confesso que em alguns momentos a história me fez lembrar e muito de "Cinquenta Tons de Cinza", mas não me importo, porque fiquei encantada pela história.
A Edição está fantástica - a capa não menos importante, foi o que me chamou a atenção na hora em que comprei.
A única coisa que me chateou é saber que se trata de uma série "Sweet" - e que esse é o segundo livro, se alguém tiver o primeiro ou demais - aceito de presente.


0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu comentário