[Livros de Domingo] - A vida na porta da geladeira - Alice Kuipers

Olá amorecos, muito frio por ai?! Pois então, aqui está um friozinho bem puxado – perfeito pra um livro dedomingo, daqueles que lemos em uma única sentada com uma xícara de café nas mãos pra aquecer.









































E a escolha de hoje foi um que estava há algum tempo na minha estante – acho que ganhei de uma colega na época da faculdade. O livro A vida na porta dageladeira – Alice Kuipers, da Editora WMF Martins Fontes é um daqueles livros que lemos rapidinho e tem uma linda história de vida.

“Um livro sobre arranjar tempo para quem se ama
 quando o próprio tempo está se esgotando”

Trata-se do retrato íntimo de uma médica e sua filha adolescente, narrado através de bilhetes trocados na porta da geladeira, entre ambas (pra quem me conhece sabe do meu amor por esses livros escritos em formato de bilhetes e cartas, então é claro que amei esse livro logo de cara). Esses bilhetes inicialmente se tratam de tarefas de mãe pra filha – como lista de compras e tarefas, mas com o passar das páginas, esses bilhetes vão se tornando bilhetes de superação e força de uma para outra.
Ambas, mãe e filha tem um relacionamento muito lindo, ainda mais nos dias atuais que é tão difícil vermos uma relação tão ímpar entre filhos e mães (perfeito pra o dia das mães que vem ai né gente).

Elas vão trocando bilhetes e a cada bilhete, é como se vivêssemos o dia a dia de cada uma:
Mamãe - enfrentando o câncer
Claire – Filha: tendo de lidar com as coisas de sua idade; seus pais separados e ainda a doença da mãe.

“... Você pode não acreditar, Claire, mas eu já tive 15 anos. Sei como é ter essa idade... Não há nenhum livro que ensine como viver ou como lidar com isso...” (Mamãe).

“Você é tão forte... Quando eu era pequena, já sabia que você era a mais forte de todas as mães, e a mais rápida..." (Claire)


Não tenho muito mais o que dizer dessa lindeza que mexeu bastante com meus sentimentos, seja pela história maravilhosa – com ensinamentos para a vida, ou ainda, pela edição que está uma graça.






















Ah! Quase esqueci de falar, vou fazer uma matéria com algumas portas de geladeira de amigos e conhecidos, se você quiser participar desse post entre em contato: graziellimoraes@hotmail.com

20 comentários :

  1. Me interessei bastante por esse livro, eu ainda não o conhecia mas achei a premissa curiosa, só não sei se em algum momento possa ficar cansativa. Gostei de saber um pouco sobre ele e espero ter a oportunidade de realizar a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Bia,
      Que bom saber que se interessou.Não fica cansativo não, até porque quando você menos espera acabou...
      Cado venha ler, volte e conte o que achou!
      Obrigada pela visita!
      Beijokas!

      Excluir
  2. Me interessei muito nesse livro amore, sei que esse tema me emocionaria horrores e sei que eu choraria muito, pois esse assunto fez e faz parte da minha vida, ótima resenha e dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Morgana, de fato é um livro com uma temática bem emocionante.
      Obrigada pela visita!
      Beijokas!

      Excluir
  3. Não conhecia o livro, mas desta vez não fiquei muito interessada nele. Mas uma coisa tenho que concordar, domingo com frio, é ótimo um livro leve, apenas troco a xícara de café por uma de chocolate :)
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie amore, é um livro muito bom amoreca, recomendo... ah... e se quiser pode trocar a xícara de café rs!
      Obrigada pela visita!
      Beijokas!

      Excluir
  4. Oiee
    AAA q coisa mais linda!!
    Nunca pensei nessa possibilidade, confesso. Mas achei a ideia bem bacana. Uma história a partir de recadinhos... e na geladeira, ainda. Muito legal.
    Ainda não conhecia esse livro, mas já anotei a dica para uma leitura futura.
    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tha,
      Eu já havia pensado, porque ás vezes faço isso com meu marido.
      Quando fizer a leitura volte e conte o que achou.
      Obrigada pela visita!
      Beijokas!

      Excluir
  5. Oie flor,
    wow que fofa essa capa... Mãs não é bem o tipo de livro que me chama atenção.
    Não curto muito essa vibe de drama com personagens doentes.
    Adorei a resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Kris, a fofura desse livro não fica só na capa, como falei na resenha, a história é uma belezinha!
      Não chega ser um drama, recomendo que conheça o livro.
      Obrigada pela visita!
      Beijoka!

      Excluir
  6. Olá, Grazi!
    Tudo bem?
    Confesso que não conhecia o livro A Vida na Porta da Geladeira e muito menos a autora. Fico feliz que o livro tenha te envolvido, que tenha sido uma leitura emocionante. A sua resenha ficou bem legal, dica anotada, pois achei o livro interessante.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie amore,
      Que bom saber que anotou a dica, assim que ler volte e conte o que achou.
      Obrigada pela visita!
      Beijoka!

      Excluir
  7. Olá!
    Gosto muito de dicas assim, de livros para ler rápido e em uma sentada só. Não conhecia ainda essa obra, mas a premissa em chamou bastante a atenção e fiquei bem curiosa para conferir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Carol, que bom gostou da dica amore.
      Caso venha a ler volte pra contar o que achou.
      Obrigada pela visita!
      Beijoka!

      Excluir
  8. Aqui chove, mas faz muito calor.
    Menina, e que livro diferente, uma relação familiar que se baseia em troca de bilhetes. E o mais legal disso, apesar do afastamento visível, não falta afetividade. Gostei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Liliam
      De fato é um livro bem legal... e que nos faz pensar muito em nossas atitudes mediante a tanta inversão de valor que existe nos dias atuais, principalmente depois que surgiram as redes sociais.
      Obrigada pela visita!
      Beijoka!

      Excluir
  9. Já li algumas resenhas desse livro. Acho a premissa dele encantadora, essa relação mãe e filha singular. Uma forma diferente de presença.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Nilda,
      De fato é uma relação um tanto quanto diferente, que transpassa qualquer obstáculo.
      Obrigada pela visita!
      Beijoka!

      Excluir
  10. Oi,

    Não conhecia esse livro, mas achei a premissa interessante.
    Vou colocá-lo na minha lista de leituras rápidas, obrigbsdo pela dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Gabi,
      Vale a pena a leitura viu, coloque na lista sim!
      Obrigada pela visita, quando ler volte e conte o que achou!
      Beijoka!

      Excluir

Deixe seu comentário