[Faces da Leitura] - A menina que doa livros

Olá amorecos, um excelente domingo a todos. Após algum tempo hoje trouxe uma entrevista em nossa coluna Faces da Leitura (que traz projetos e iniciativas de disseminação da leitura e literatura), e a participante de hoje é a fofa da Giovanna Zambaldi Pampolin - 10 anos, que criou o projeto A Menina que Doa Livros quando tinha 8 anos.







































Começou o projeto a mais de 2 anos atrás, quando percebeu que todos os livros que tinha em casa já tinha lido - livros esses que seu pai comprava - e achou que poderiam servir para outras pessoas.

"... Assim, um dia, quando íamos dar um passeio no Minhocão (SP) de domingo, eu peguei um carrinho de feira, coloquei os livros dentro e levei para doar para as pessoas lá. Peguei a cartolina e escrevi - A menina que doa livros - livros grátis. E assim eu colocava os livros no chão perto da cartolina. As pessoas no início pensavam que era pegadinha, por tinha muitos livros novinhos. Tinham livros meus e do meu pai... Um dia, uma jornalista publicou uma matéria na Revista Carta Capital, nós criamos uma página no Facebook e a minha história passou a ser conhecida... Assim apareceram outras reportagens e as pessoas começaram a doar livros para eu doar. E hoje tenho mais livros do que tinha no início. Não acaba nunca! Toda vez que vou lá, alguém me leva mais livros. Eu doo vários, mas ganho muitos outros."

Giovanna acredita que o diferencial do projeto A Menina que Doa Livros, é o fato de ela não pedir nada em troca, a única coisa que ela pede é que quem pegar o livro se comprometa em ler e passar adiante.




"... Na verdade não queria criar nada, somente doar meus livros. Só que as pessoas gostaram e eles chamam isso de projeto. Pra mim é só doação de livros. Queria que as pessoas lessem mais, porque com os livros as pessoas podem melhorar..."






Falando de leitura, ela menciona gostar de ler pelo fato de poder "... ficar imaginando histórias", Quando questionada sobre qual seu primeiro livro lido, ela respondeu de maneira super fofa.




"Difícil responder isso, porque meu pai comprou meu primeiro livro, eu tinha 5 meses de idade. A medida que fui crescendo, ele foi comprando outros adequados a idade. Comecei "lendo" livros que eram somente ilustrações e passei para outros que tinham poucas frases e hoje leio livros que não tem ilustração nenhuma. Mas, não me lembro qual foi o primeiro que de fato li sozinha."




Sua atual leitura em casa é o livro da Paula Pimenta (Fazendo meu filme), da Editora Guttenberg ... e na casa de seu pai está lendo o livro A Turma do Tigre, pelo fato de gostar de mistérios e terror. 

















Quando questionada a respeito de seu livro favorito, assim como vários leitores, ela menciona que tem vários.

"A gente que ia buscar o dia (Edy Lima), um livro que me pai lia pra mim na hora de dormir e que quando aprendi a ler passei a ler sozinha. Gosto também das Aventuras do Pedro Malasartes, por que ele é muito engraçado. Todos da Paula Pimenta. Já gostei também da série Diário de Um Banana (Jeff Kinney)..."






























E para finalizar ela menciona que nunca pensou em que personagem seria, se tivesse essa oportunidade, na verdade nos dias atuais é tão difícil ver crianças que pensam no próximo de alguma maneira que ela já é um personagem/ personalidade pra história - A menina que doava livros, só resta um livro com essa história linda!

23 comentários :

  1. bacana o projeto dela, tão nova e ja tendo esse pensamento de levar outras pessoas ase apaixonarem pela leitura...

    mais pessoas poderiam seguir o exemplo dela, ne? :D
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Maria,
      De fato é um projeto muito amor, por isso trouxe pra vocês conhecerem. De fato concordo que poderiam muitas pessoas se inspirar no projeto dela.
      Obrigada pela visita!
      Beijokas!

      Excluir
  2. Olá... tudo bem???
    Nossa que legal.... eu faço isso também, mas não fui as ruas ainda... porque ainda não consegui me desapegar completamente a este ponto. Na realidade todos os anos de janeiro doo livros entre amigos e amigos destes amigos... mas achei a ideia dela super legal e inspiradora, ainda mais para uma criança... isso mostra o quanto ela será uma grande mulher e uma ótima influenciadora de pessoas. Xero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie amore,
      Que legal saber que também faz isso... torcendo por mais pessoas assim.
      Adorei seu comentário e sua visita!
      Obrigada!
      Beijokas!

      Excluir
  3. Já conheço esta linda guria, e acho incrível o amor dela pelos livros. Quem dera mais jovens fossem assim.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie de fato é uma história de amor com os livros.
      Queria também que tivesse mais jovens assim.
      Obrigada pela visita!
      Beijokas!

      Excluir
  4. Olá! Que história mais encantadora de linda! Eu também comprei livros para os meus filhos desde da tenra idade, embora hoje só um leitor rsrs
    E que bacana a parte do desapego, pois eu ainda não consegui me desapegar de nenhum livro, tenho aqui até edição de banca da Agatha Christie e outros rsrsr
    Parabéns Giovanna vc é uma linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Amore,
      De fato se trata de uma menina encantadora, por isso resolvi trazer pra vocês conhecerem aqui. Essa questão de desapego é complicada mesmo... mas tenta com os que não vai mais ler, vale muito a pena pra quem recebe.
      Obrigada pela visita!
      Beijokas!

      Excluir
  5. Olá!
    Eu vi essa florzinha em uma reportagem e achei super fofa e seria tão bom se todas as pessoas pudessem se inspirar com a leitura.
    As vezes pratico desapego com livros que sei que não vou ler novamente por algum motivo, pois sempre vai ter alguém que vá gostar né.
    Parabéns pela postagem!
    E que a Giovanna continue sendo essa florzinha linda!

    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie amore,
      Ela é uma fofa mesmo... de fato seria ótimo ver as pessoas se inspirarem com a leitura... mas tem gente que ainda não se encontrou.
      Obrigada pela visita!
      Beijokas!

      Excluir
  6. Que linda!!! Que sirva como exemplo a muitos. Estou realmente encantada!! 😍

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie que bom saber que gostou dessa iniciativa.
      Acompanhe o blog, sempre trago iniciativas como essa pra inspirar os leitores do blog.
      Beijokas!

      Excluir
  7. Olá,

    Estou encantada com este ser tão iluminado. É tão bom ver que tão nova e na era da tecnologia, ela queira compartilhar com outros seu amor pela leitura. Parabéns pela iniciativa e que o projeto só cresça cada dia a mais, e que inspire outras pessoas a ler também. Muito feliz por esse projeto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thay, também fiquei encantada, não é à toa que resolvi trazer a entrevista com ela por aqui!
      Obrigada pela visita!
      Beijokas!

      Excluir
  8. Oiii
    Que menina linda!!! Que iniciativa!!!
    São projetos como este que confirmamos que ainda existem corações puros que gostam de compartilhar boas coisas sem esperar nada em troca!
    Bjoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thami, de fato é uma menina linda por isso resolvi trazer pra vocês conhecerem aqui no blog.
      Obrigada pela visita e pelas palavras!
      Beijokas!

      Excluir
  9. Super bacana a iniciativa dela, mas não sou como ela! Não dou meus livros e raramente empresto! Chamem do que quiser, mas para mim eles são especiais, principalmente aqueles que classifico como favoritos! Preciso aprender a desapegar, mas não sei se consigo!
    Fico feliz por ela e desejo sucesso e que mais pessoas possam aderir! Menos eu, é claro! rsrsrsr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Sophia,
      De fato é uma iniciativa e tanto. Também sou apegada a alguns livros... mas depois que criei o Adote Um Livro, confesso que consegui me desapegar de alguns.
      Quando você vê que a leitura tem o poder transformador, você entende que não vale a pena ficar empoeirando livros na estante que nem sabemos de vamos ler novamente!
      Beijokas!

      Excluir
  10. Olá, tudo bem? Que iniciativa linda e ainda por cima partindo de uma criança. Isso nos mostra como uma leitura é muito benéfica. Esse caráter desde de pequena, ajudando os outros nos mostra a bela mulher que ela vai se tornar. Adorei a iniciativa dela, e a sua de fazer essa entrevista <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol,
      De fato se trata de uma linda iniciativa, por isso resolvi trazer aqui pro blog.
      Obrigada pela visita!
      Beijokas!

      Excluir
  11. Fico até sem graça, hehe, se tem algo a que realmente sou apegada é aos meus livros... Doo os que não gosto, mas os que eu gosto sempre quero guardar, gosto muito de reler... Rs... Mas claro que achei muito legal a atitude dela, de ajudar pessoas que talvez não pudessem ter acesso àqueles livros de outra forma.

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bem? Que história mais linda!!! Adorei conhecer A Menina que Doa Livros! Eu sou bem desapegada com os livros que li e não gostei, e com aqueles que não pretendo reler. Eles com certeza podem agradar outras pessoas, então por que manteria eles trancafiados na estante? Mas só comecei a desapegar e doar mesmo de dois anos pra cá. Acho suuuper legal.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Muito legal esse projeto! É sempre bom quando vemos esse tipo de atitude, ainda mais de uma pessoa tão nova. Fico muito feliz quando vejo isso. Penso nisso também, mas sempre desisto e nunca continuo o que planejo. Mas vou pensar melhor, planejar melhor e pôr em prática alguns projetos que tenho em mente.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário