Golpe de Mestre - Pimentah Seymour

Olá amorecos tudo bom com vocês... o livro que trago hoje recebi de parceria da Editora Angel, e li a algum tempinho já, mas devido à correria e às novas ideias para o blog, acabei deixando pra postar só agora. Trata-se do livro Golpe de Mestre das autoras Érica Pimentah e Mandy Seymour irmãs que escrevem com o pseudônimo Pimentah Seymour.


Maurício e Henrique donos de personalidades únicas, após descobrirem que a rica empresária Arlete estava de volta ao Brasil, e melhor, viúva e sozinha, resolvem criar um plano para conquistá-la, no entanto o que Maurício não imaginava era que esse plano seria colocado por água baixo por conta de uma presença inesperada, e essa presença tem nome, sobrenome e é uma linda "menina" ou não tão menina assim com nome Evrlyn - que também não esperava ter de quebrar sua promessa de não se apaixonar por mais ninguém.

Pois é o livro parece um tanto clichê até então... mas conforme você vai lendo, vai percebendo que as autoras colocam algumas pitadas diferentes do que estamos acostumados a ler. Os capítulos são divididos em seus personagens que colocam seu ponto de vista sobre a história - amo isso gente.



Bom... vamos a história em si. Maurício e Henrique são dois amigos que moram juntos e fazem tudo que podem juntos - tanto coisas boas como coisas não tão boas assim rs - ambos estão em busca de uma vida melhor, pois como diz Maurício: estão cansados da vida monótona e pior que está não dá pra ficar - ledo engano tadinho rsrsrs, mal sabia que tinha muita coisa a acontecer na vida de ambos.
Nessa busca de uma nova vida, eles começam um plano para encantar a rica Arlete, para isso começam a seguir seus passos e cada um de seus movimentos.

"A Arlete é uma executiva de 40 anos, viúva, dona da cadeia de hotéis Castelline, resumindo: podre de rica... e ela é a mulher que eu vou ter que conquistar. Trabalho difícil? Acho que não...".

No entanto o mais difícil, não seria conquistá-la e sim suportar a "peça" que a vida iria lhe pregar colocando em seu caminho uma outra pessoa, que mesmo tendo prometido a si mesma não se apaixonar, se apaixonou e prometeu a si mesma que Maurício seria seu.

"... hoje vai ser meu ou meu nome não é Evelyn..."

Pois é... e para a surpresa de todos envolvidos nessa trama, Maurício também é surpreendido por um sentimento muito forte, que jamais sentiu por ninguém.

'... É a primeira vez que eu queria acordar alguém e ela foge de mim..."


O que Arlete e Evelyn tem em comum além de querer conquistar o coração de Maurício, é o sobrenome Castelinne, e que Arlete era mãe de Evelyn (OMGGG) pois é, quase morri com essa narrativa... muito emocionante e bem diferente do que já li até aqui.

Entre indas e vindas, chantagens e dramas, o casal queridinho do livro terá que enfrentar tudo e mais um pouco se quiserem ficar juntos, e isso que me deixou com mais vontade de ler continuar a leitura.

Além desse triângulo amoroso totalmente diferente, há também a história de Gleice e Rick (Henrique) que nos ensinam como superar as dificuldades e a monotonia de qualquer relacionamento e o que é ser amigo de verdade.

Outra coisa legal que acontece no livro é um final super emocionante, cheio de tramas com mais personagens envolvidos que ás vezes me deixou de cabelo em pé, e de vez em quando preocupada como seria o final do livro.

A edição do livro está muito linda, inclusive parabenizo a Editora Angel pela primeira página (Folha de Guarda) que está um espetáculo, é impressa a foto da capa do livro num papel diferente, meio lâminado (até pensei em tirar uma foto pra colocar aqui pra vocês verem, mas a foto não mostra o que é possível ver a olho nu). Achei alguns errinhos de português que não atrapalham a leitura, mas... aos leitores mais exigentes, isso seja um empecilho.

Uma coisa que simplesmente amei foi o fato da Playlist do livro trazer música brasileira, isso é lindo sério - precisamos valorizar nossa cultura. E melhor tem uma música da Pulinha (Paula Fernandes), que deixo aqui para encerrar a resenha - e que tem muito a ver com o casal do livro, espero que tenham gostado.



Vocabulário Literário: B

Olá amorecos, tudo bem com vocês?! Depois de algum tempo pensando, resolvi trazer pra vocês uma pesquisa com os termos literários que vocês provavelmente já tenham lido ou ouvido por ai, nos blogs ou canais do Youtube, e que, assim como eu talvez alguns deles vocês nem conheciam até aqui, ou não sabiam o significado.
Vou começar com as letras B, espero que gostem.

Caso saibam de mais algum que não esteja aqui, deixe nos comentários e vamos aumentar nosso Dicionário do Leitor - nova coluna do blog, espero que gostem amorecos. Caso tenham algum com a letra B que não esteja aqui informem ai nos comentários pra atualizar o post amorecos.

♥ Book Haul 

Termo utilizado quando um blogueiro ou youtuber conta e mostra tudo que recebeu - relacionado à livro - Algumas pessoas utilizam também o termo Caixinha do Correio (eu).






















♥ Bookshelf Tour 

Termo utilizado quando um leitor resolve mostrar tudo que tem em sua estante, em vídeo. Recomendo que acompanhem o Bookshelf Tour que a Andréa Bistafa do Blog Fundo Falso está fazendo - pelo Instagram e pelo SnapChat.


♥ Book Talk 

Utilizado quando um blogueiro resolve falar sobre qualquer aspecto do livro - ou ainda um desabafo sobre o livro, podem ser feitos ainda por mais de um leitor na mesma postagem.

♥ Bookholic 

Uma gíria para designar um viciado em livro. Nesse quesito é só observar, se você tem livros novos na estante e ainda assim quer comprar cada vez mais, pois é você é um BookHolic.

























♥ Book Tour 

Amo esse termo, afinal, a meu ver os livros são feitos para serem lidos e não para ficarem empoeirados na estante - afinal, tem muitos livros que nem lemos e nem vamos ler e ainda assim teimam em ficar lá na estante só pegando pó - por isso tenho um projeto de disseminação da leitura chamado Adote Um Livro e Transforme-se.
Esse termo é utilizado para quando coloca-se o livro para circular de mão em mão. Vários autores tem feito isso com objetivo de fazer seus livros circularem para mais leitores. Eu já fiz isso aqui no blog, mas infelizmente por conta do descomprometimento de algumas pessoas acabei por perdendo o livro - me chateia só de saber que talvez o livro não cumpra com seu papel - ser lido, mas...

♥ Book Unhaul

Ainda falando de doação, existe esse termo para quando o leitor mostra os livros que não quer mais, desse modo consegue doar, trocar ou vender.

♥ Book Trailer

Similar a um trailer de filmes, só que é feito para um determinado livro. Vou deixar aqui o de um livro que muito amo - O Pequeno Príncipe.



♥ Book Birthday























É a data de lançamento de um livro.

♥ Book Lovers

Termo utilizado para leitores que amam seus livros e tudo o que é relacionado a eles - marcadores, porta-livros, canecas, bonequinhos e etc.


























♥ Bookquiz

Jogos ou questionários feitos com objetivo de aprofundar o conhecimento de determinado livro.

♥ Book ban



Quando um leitor se proíbe (ou evita) de comprar livros novos, seja pela falta de dinheiro, ou, por já ter muitos livros na estante a serem lidos. Quem nunca passou por isso, principalmente pela questão da falta de dinheiro.

....

Novidade - Escritora Thati Machado



Olá amorecos, tudo bom com vocês?! Hoje trago uma novidade da nossa parceira Thati Machado, que teve seu livro Poder Extra G lançado na Bienal e a partir de então o livro já se encontra nas livrarias de todo o país - inclusive tem desconto na Saraiva e na Submarino, não deixem de conferir.

Além disso, tem uma outra novidade prá lá de especial, o livro Com Outros Olhos, o segundo romance da autora, acaba de virar AudioLivro.
Ou seja: é possível ler a história de Lana e Arthur em formato impresso em e-book na Amazon, ou se preferir, ouvir a história no Ubook.



Bora conhecer um cadinho desse livro lindo:




Sinopse: 

A vida perfeita de aparências da jovem Lana se desfaz como pó depois de um trágico acidente com seu então namorado Lucas. Destinada a ultrapassar todos os obstáculos que a vida lhe impõe, Lana ingressa na Companhia Raoul de Teatro - com a ajuda de seu irmão - sem que saibam das suas limitações. Seus companheiros de trabalho parecem não facilitar a vida da moça, principalmente Arthur, que interpreta seu par romântico na peça. Ironia do destino ou não, Lana vai descobrir que uma vida sem luz ainda pode lhe oferecer tudo que uma garota sempre sonhou. E que as aparências... Sempre enganam.




E ai curtiram? Beijokas e até já já!!!

[Caixinha de Música] - Cláudia Leitte e MC Guimé

Olá amorecos, bom domingo pra todos. Hoje trago um post - após algum tempo, pra compor nossa Caixinha de Música - sobre duas músicas que ouvi a alguns dias, ambas com participação da linda da Cláudia Leitte, uma com participação do MC Guimé.

"...  Sou livre danço de graça, porque tudo passa e da vida sou fã...
... o que é que você vai fazer se o mundo acabar amanhã de manhã?...
.... Você pode estar sem dinheiro, lascado e mal pago....
,,, Mas leva na fé,,,"

A música Matimba foi iniciada em 2013 pela cantora em sua viagem nos EUA,no entanto parece tão atual e traz uma mensagem muito bonita aos ouvintes, que é ter fé independente do que vier, e que mesmo que esteja sem dinheiro devemos levar a vida da melhor maneira possível, afinal um dia ela acaba e não sabemos quando. Fez muito sucesso nos carnavais.




Outra música que ouvi foi a música Vou te dizer do MC Guimé, com participação da Cláudia Leitte que traz uma reflexão lindíssima sobre acreditar nos sonhos, ouvir o coração independente de qualquer coisa, e mais do que isso, traz a questão de buscar a felicidade mesmo sem dinheiro, ou seja, novamente reforçando a ideia de que dinheiro não é tudo, né - ainda mais nessa crise (nível Brasil) que estamos passando que ás vezes nos deixamos abalar por falta de dinheiro e outras coisinhas mais.



Portanto, galerinha... tá sem dinheiro... Ouça um som e viaje em seus sonhos, afinal, querer é poder... é só ter fé!!!

Beijokas!!! Por hoje é só!!!


Revista Internacional, com conteúdo exclusivamente literário, disponibiliza sua 23ª Edição

Olá amorecos, tudo bem com vocês... passando pra informar-lhes que a "Divulga Escritor - Revista Literária da Lusofonia”, criada em 2013 pela jornalista Shirley M. Cavalcante, coordenadora do projeto “Divulga Escritor”, disponibiliza para leitura a sua 23ª Edição.


A presente revista – uma Edição Especial dedicada a Portugal – apresenta, como tema de fundo, uma entrevista inédita com o antologista Isidro Sousa, residente em Lisboa, autor dos livros “Amargo Amargar” e “O Pranto do Cisne” e mentor dos projetos Sui Generis, que se tem destacado na promoção da cultura lusófona, especialmente entre Portugal e Brasil, através da organização e coordenação de obras colectivas, edição de livros individuais e promoção de novos autores no panorama literário lusófono. 
Além do principal entrevistado, que tem destaque na capa da Revista, esta edição contempla quatro dezenas de autores lusófonos, maioritariamente portugueses, através de entrevistas personalizadas, voltadas para a divulgação das suas talentosas trajetórias literárias, e de peças jornalísticas tais como artigos de opinião, crônicas, reportagens e outros gêneros literários. 
Algo inédito no historial da “Divulga Escritor” que merece atenção: a entrevista com um editor português, mentor da Editora EuEdito, e a reportagem sobre o fotógrafo brasileiro Dado Goes, autor da imagem que ilustra a capa da Revista, que reside em Portugal e tem registado, através da sua objectiva, diversos eventos literários e não só.

Desde a sua fundação, em Setembro de 2013, a “Divulga Escritor” realiza entrevistas personalizadas com variados autores do mundo lusófono, focando-se, numa fase inicial, em conhecer o perfil do entrevistado para elaborar entrevistas de acordo com o foco divulgacional de cada profissional apresentado. Sempre receptiva a novas entrevistas para publicar nas suas páginas, a Revista promove também diversos textos literários e apresenta, em todas as edições, artigos de opinião, crônicas, contos, poesias e – na secção “Livros em Foco” – diferentes obras que são destaque na Literatura Contemporânea.

A “Divulga Escritor” conta com ampla divulgação em vários órgãos de comunicação, além de diferentes apoios alcançados de forma personalizada em cada edição. A editora Shirley M. Cavalcante tem a preocupação constante de imortalizar todas as edições da Revista nas mais diferentes “mídias”.

Acesse AQUI a 23ª Edição da "Divulga Escritor".

Caso queira ler alguma outra edição da Revista, Clique AQUI.

Amorecos espero que tenham curtido conhecer mais um pouco da Revista!

Encontro Online - 10ª Edição com Janethe Fontes (Respostas)

Oie amorecos, ai está o vídeo resposta do nosso 10º Encontro Online com a autora Janethe Fontes. Ela arrasou nas respostas e pra fechar com chave de ouro vai mandar um livro pra cada participante (uhulll) - fiquem felizes!!!


Pra quem não conhece a Coluna Encontro Online - clique AQUI - funciona da seguinte maneira, o autor grava um vídeo contando um pouco de sua trajetória literária e abre pra perguntas dos leitores, quem participa tem direito a concorrer a um livro ou brindes do(a) autor(a) participante - que faz outro vídeo com respostas.

Espero que acompanhem os próximos Encontros.
Beijokas!!!

[Faces da Leitura] - Caçadores de Biblioteca

Olá amorecos, todos bem? Espero que sim, afinal, fim de semana prolongado!



Hoje trago pra vocês entrevista com uma pessoa que conheci no Instagram (aqui) e que me encantou com seu projeto - Caçadores de Bibliotecas - um projeto iniciado em 2010, que tem como objetivo visitar bibliotecas - prática feita antes mesmo de ter sido criado o projeto - além das bibliotecas, os espaços culturais não ficam de fora dessa.

Soraia Magalhães, bibliotecária, escritora é a criadora desse Blog e Projeto lindo - Caçadores de Bibliotecas.




O Caçadores de Bibliotecas nasceu da paixão por viagens e bibliotecas. A ideia surgiu com a proposta de ser um veículo de divulgação de espaços de bibliotecas e ações biblioteconômicas. Apesar disso, o público alvo do blog é voltado, porém para qualquer pessoa que tenha interesse por cultura, pois trato de bibliotecas em maior parte dos posts, mas também de museus, teatros, salas de cinema, salas de exposições, livros, ações de incentivo à leitura e tudo isso feito em meio a muitas viagens. Alguns já me perguntaram por que não coloquei o nome Caçadora de Bibliotecas e a resposta é que o objetivo era fazer com que quem chegasse ao blog se sentisse também "caçador(a)" afinal estaria buscando informações sobre o tema e ao buscar estaria caçando. O público vai além dos profissionais da biblioteconomia e estudantes da área, creio que atende usuários de bibliotecas e tem muito a haver com a área turística por que recebo pedidos de informações sobre cidades visitadas, entre outras coisas.

Desde 2015, o blog passou a contar com a parceria de outros bibliotecários, que escrevem e contribuem, desses posso citar: Moreno Barros; Mary Komatsu Shinkado; William Okubo; Marina Macambira; Zé Estorniolo; Paula Carina de Araújo e Tiago Murakami.




































O projeto visa favorecer o acesso visual a espaços de bibliotecas, desse modo instigando mais pessoas à adentrarem e buscarem familiaridade com os ambientes. 

Além do projeto Soraia é autora de livros infantis: Lia sempre lia e Leo e seus amigos, os livrinhos (que também tratam de incentivo à leitura) e sempre que possível ela visita bibliotecas e realiza atividades de mediação de leitura, oficinas e palestras com a temática do projeto Caçadores de Bibliotecas. 






























Nessas ações, falo sobre livros e conto um pouco dos meus sonhos de menina e da minha trajetória com filmes, as bibliotecas, os livros e a profissão que um dia sonhei seguir: a arqueologia. Mas conto também sobre o quanto me sinto bem por ter seguido a Biblioteconomia.

Ao criar o Caçadores de Bibliotecas, ela teve como intenção maior gerar visibilidade sobre a existência de espaços de bibliotecas, na época em que iniciou o blog, ministrava a disciplina Planejamento Bibliotecário (pela Universidade Federal do Amazonas) e ao perceber que muitos dos estudantes desconheciam muitas das unidades de informação presentes na cidade de Manaus, resolveu começar o projeto. Para tal, o uso da fotografia desde o princípio foi utilizada de forma a promover acesso visual, bem como gerar informações sobre serviços bibliotecários e atividades relacionadas à cultura informacional.

O maior diferencial do projeto é ser feito com enorme paixão - "... passados seis anos, continuo motivada...".

Até o momento já foram: 800 posts, mais de 400 bibliotecas visitadas - por várias cidades do Brasil e algumas em outros países e muito mais de 100 museus.

"O ganho cultural e o prazer de poder compartilhar informações 
são os combustíveis substanciais desse trabalho..."


Vanessa Sueroz no Wattpad

Olá amorecos, hoje trago pra vocês um pouquinho sobre a plataforma Wattpad, quem não conhece, trata-se de uma plataforma onde é possível ler vários livros já publicados comercialmente e até mesmo os não publicados - é possível ainda, para quem quiser é claro, se aventurar a ser autor.

Vários de nossos parceiros utilizam a plataforma - confiram aqui - mas, hoje trago os da autora Vanessa Sueroz que disponibilizou os primeiros capítulos de três de seus livros: Confusões em Paris, Conquistando o Garoto e Odiado Admirador Secreto.



Quem está em dúvidas do que ler, ou se deve ou não comprar o livro físico, vale a pena ler um pouquinho de cada uma dessas histórias e decidir - e o melhor, é gratuito.



Espero que tenham gostado da dica de hoje, beijokas!!!

[Estranho Mundo das Séries] - Black Mirror

Olá amorecos... e chegou o fim de semana (uhullll), e que tal uma assistir uma série?! - Espero que gostem da dica de hoje!
























Comecei a assistir a série Black Mirror por acaso (e olha que não curto muito assistir não), num daqueles dias que estamos ociosos e caçando o que fazer - quem nunca - e para a minha surpresa me encantei com a quantidade de conteúdo que a série nos traz. Tais conteúdos estão implícitos nos episódios, mas, valem a pena ser conferidos.

A série traz um questionamento muito condizente aos nossos dias atuais, que é o quanto a sociedade pode ficar alienada, ignorante e descobrir seu pior lado através da tecnologia - quando mal utilizada.
A série foi criada pela roteirista Charlie Brooker e é composta por poucos episódios cada temporada. Cada episódio traz uma tecnologia diferente e suas consequências para a sociedade envolvida.
São episódios independentes - gostei disso pelo fato de não ficar ansiosa pra saber o que vai acontecer - e a única ligação entre eles é o questionamento negativo sobre as tecnologias apresentadas para determinada sociedade.
A cada episódio fui me questionando sobre minhas atitudes frente às tecnologias dispostas a mim, afinal, é impossível não perceber nos dias atuais quão reféns somos a tudo isso, e quanto em alguns momentos essas "ferramentas" podem nos prejudicar se não forem bem utilizadas.
Recomendo que não deixem de assistir nenhum episódio, afinal, cada um deles traz um questionamento diferente.






















O primeiro episódio traz a história do primeiro ministro britânico que após receber uma mensagem de vídeo com instruções, é obrigado à fazer sexo em rede nacional com uma porca, caso contrário a princesa será executada. - concordo é um tanto bizarro e nojento, mas o episódio traz um discurso político de muita inteligência, com questionamentos a respeito das redes e mídias sociais, e ainda a respeito a quão expostos estamos em meio a tanta tecnologia.


















Já no segundo episódio, é trazido um mundo paralelo - fora do mundo real, onde os personagens vivem em uma academia, e as pedaladas nas bicicletas geram pontos, pontos esses que são utilizados para tudo que é feito - desde comer, beber, participar de um reality show onde os espectadores são avatares, e quem vence esse reality show, fica famoso e passa a viver numa outra realidade. - Confesso que esse episódio me chocou muito e me fez questionar quanto somos manipulados a acreditar no que vemos na tv sem mesmo saber o que rola de fato nos bastidores, e isso serve para outras coisas de nossas vidas também.



















O terceiro episódio traz um universo onde as pessoas tem um "grão" - chip - inserido no corpo, que permite que tudo o que vivem seja gravado e revisto por eles mesmos e por outras pessoas. - Confesso que de início pensei que seria uma maravilha se existisse isso, afinal, poderíamos relembrar momentos bons, pessoas que já se foram... enfim... diversas coisas, mas, depois ao assistir o episódio completo, vi que não seria tão bom assim, afinal, será que ao relembrar os momentos ruins, os desentendimentos, saberíamos perdoar?!

Bom, por hoje é isso - só a primeira temporada - que a meu ver trouxe um questionamento muito interessante, em relação ao "sumiço" do mundo real e a submissão da sociedade atual ao mundo virtual - que não é difícil perceber, ou em sua casa ainda existem almoços de família com conversas sem celular a mesa?!

Espero que tenham curtido, beijokas!!!

À sombra da vaidade:amor, magia e conflitos - André Costa, Ditado por Pai Cipriano do Cruzeiro das Almas

Olá amorecos tudo bem com vocês?!
Enfim, estou colocando as coisas em ordem e conseguindo colocar minhas leituras em dia (uhullll).
Resolvi ler um livro que estava parado na estante à algum tempo. 


À sombra da vaidade é um livro espíritaEditora Madras que traz uma belíssima lição de como agir perante aos percalços da vida.
da

"... mergulhará num enredo em que a magia é usada erroneamente para satisfazer os desejos mesquinhos de pessoas completamente equivocadas, especialmente no sentido do amor...."

O livro traz a história, posso até ousar em dizer que trata-se de um triângulo amoroso entre Lara uma mulher que devido às circunstâncias da vida se especializou em magia, Edgar que devido a sua posição social, como militar mantinha seus encontros com Lara às escondidas - coisa que na época era proibido.



"... Com ela, descobriu-se "feiticeiro". Para os valores de conceitos daquela sociedade, em hipótese alguma um comandante da realeza britânica poderia praticar atos de paganismo... Ele não poderia, em hipótese alguma, assumir o sentimento que nutria por aquela mulher... além de camponesa era um bruxa fadada e condenada à "marginalidade" naquela sociedade."

A outra parte envolvida nesse triângulo era Myrnah, uma senhora muito bem vista na sociedade que embora muito bem vista, também escondia seu lado "bruxa" e daquelas que não media esforços para usar de seu conhecimento para conseguir o que quisesse, independente do que tivesse que fazer.
Todos eram "regidos" se é que se pode dizer assim, por guias espirituais, os quais nenhum soube ouvir, e isso custou muita destruição e tristeza.

"...acompanho-te há muito tempo... Vi trilhares todos os caminhos, em todas as tuas vidas no plano material, orientei-te e te guiei. É certo que nem sempre me ouviste, mas cá estou para mais uma tentativa...."

É um livro muito esclarecedor, que traz muitos ensinamentos para aqueles que querem conhecer um pouquinho mais sobre o espiritismo, e tem um triângulo amoroso pra lá de diferente e sem clichê algum.

Embora eu tenha quase "comido" o livro, e tenha até gostado bastante, acho que já tiveram leituras nesse gênero muito mais intensas.
Das lições que o livro traz, algumas me chamaram muito a atenção, vou deixar aqui pra vocês refletirem:

"....não cedam ao negativismo humano... isso dificulta o trabalho dos que querem nosso bem...";

Ouça sua consciência, não deixe o externo dispersar o que vem do seu íntimo;

"... Não se trata de pertencer a uma religião, seja ela qual for, trata-se de postura consciencial que valorize os princípios da humildade, honestidade, do respeito ao sagrado e à vida..."

Conquistando o garoto - Vanessa Sueroz

Olá amorecos, (feriado hoje) trago hoje um romance joven, que estou numa curiosidade enormeeee pra ler, afinal, é de autoria da amiga e parceira Vanessa Sueroz.
A autora traz nesse livro um romance daqueles fofos com um misto de distopia e muita confusão.

Já imaginou uma peça de teatro onde "aquele" garoto o qual você está a fim também esteja participando? Pois é, a autora consegue fazer um misto de sensações gostosas ao leitor - correndo pra ler.

E para nossa alegria, o livro está em promoção na Amazon, onde seja, GRATUITO ou você pode comprar direto com a autora em sua loja. Bora conhecer mais um pouco sobre essa magnífica história?







































"2050. Sem água. Sem democracia. A esperança surge das Pedras Lunares. Letícia estuda em um colégio interno, mas não está preocupada com a guerra lá fora e sim com sua aula de história onde terá que apresentar uma peça de teatro. Criar uma peça de teatro é moleza, o problema é aguentar seus amigos querendo ser os cupidos, e olha que eles nem sabem o que é isso. E agora? Como sobreviver a essa peça e ao garoto? Venha conhecer essa comédia romântica, com uma pitada de magia e um leve tom de distopia. O primeiro volume da série Pedras Lunares".