[Entrevista] - Janethe Fontes (Autora Parceira)

Bom dia amorecos, todos bem? Como foi o dia das mães, espero que bom.

Hoje trago uma entrevista pra lá de especial com a autora e parceira do blog Janethe Fontes. Ela escreveu além dos livros: O voô da Fenix e Vítimas do silêncio, já resenhados aqui no blog, e outros dois que ainda não foram resenhados aqui, mas, parecem se tratar de livros muito bons, ainda mais se forem iguais aos dois já resenhados aqui.



























Amante também da leitura, por diversos motivos, dois que se destacam como principais:


"... adquirir conhecimento e também para relaxar. 
Tem coisa melhor que embarcar numa boa leitura?...".

Seu primeiro livro lido, foi o livro, Olhai os lírios do campo - Érico Veríssimo. 

"Não lembro o motivo exato da escolha, porque faz um bom tempo isso, mas acho que foi por conta do título.".

A leitura, para Janethe agrega muitas coisas ao leitor, dentre elas: amplia o conhecimento geral e da própria língua; melhora o vocabulário, a escrita, a comunicação; melhora e desenvolve o senso critico; relaxa e faz viajar.





Atualmente está com algumas leituras em andamento, dentre elas o os livros Uma Sociedade Secreta - J. Maelick, Seis anos depois - Harlan Coben, ADQS - Fabiana Cardoso e dois livros de poesia.

A autora declara não ter um livro favorito e sim gênero favorito, que é o romance policial.

"Sempre gostei demais de livros policiais, mas óbvio que leio outros gêneros também.".

A autora declara não ter um livro favorito e sim gênero favorito, que é o romance policial.

Seus livros:

A autora desenvolve em seu canal no Youtube, um projeto chamado Rotina Literária, que conta sua rotina enquanto autora e um pouco sobre seus livros, confira:



Seus personagens surgem junto com as histórias que escreve, segundo a mesma não há um método de construção específico. 

"Eles (personagens) surgem e vão crescendo/amadurecendo em minha mente. Mas é quando eu sento para escrever/digitar que a história vai realmente se desenrolando... Atualmente procuro escrever todo dia um pouquinho. Porém, quando isso não é possível, não fico grilada, não!".

Além de seus livros, seus vídeos em defesa da literatura e da vida do autor ela já escreveu artigos levantando alguns pontos importantes sobre o mercado editorial/livreiro e sobre o preconceito que os autores ainda sofrem para publicar e "conquistar" leitores no Brasil - Leia clicando nos títulos dos artigos:



2 comentários :

  1. Puxa, que surpresa boa ver meu 1º vídeo, sobre minha Rotina Literária, e alguns dos meus artigos compartilhados com a entrevista! Adorei!!

    ResponderExcluir
  2. Grazi adorei a entrevista, acho que sou a única que não curto o gênero policial, fico muito tensa, pequenas paradas cardíacas o tempo todos.
    A ideia do canal literária sobre a rotina de um autor também é bem legal.

    Beijos para vc e para a autora.
    Maisa.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário