[Caixinha de Música] - Mais Do Que Pegadas - Projota


"Com sinceridade, sorte é escapar da maldade, alguns acreditam em anjos eu acredito em amizades
(Projota)

Olá galera do Faces! Tudo bem com vocês?
Faz um tempo que conversei com a Grazi a respeito da criação de uma Resenha Musical. Fiquei com vontade de falar aqui no blog sobre uma música que ouvi e gostei muito, que retrata o estilo de vida de pessoas "anônimas" da sociedade em que vivemos. 
Essa música me fez refletir sobre a vida que levamos, sobre a desigualdade e o preconceito. Foi um tremendo choque de realidade, ainda mais para mim, que há tempos não ouvia nada desse tipo. 
Para essa novidade do Faces, criamos inclusive uma hashtag #musicasdofaces para deixarmos as músicas registradas. Caso queiram utilizá-la para divulgarem músicas que vocês gostem e que queiram ver aqui na Resenha Musical, fiquem a vontade! =D 


A letra completa da música você encontra no Vagalume.
Projota é o nome artístico de José Tiago Sabino Pereira (São Paulo, 11 de Abril de 1986) que começou a ficar conhecido através de batalhas de Rap, feitas com outros MCs, onde venceu por diversas vezes Batalha da Santa Cruz e a Rinha dos MCs. Compositor e cantor, estreou em 2009 com o EP Carta aos meus, e a partir de então, vem crescendo e ganhando espaço no mundo da música.
Comecei a ouvi-lo e admirá-lo em 2011, a partir da música Até O Final, onde ele fala sobre o amor que sente pela então "protagonista" da história. É uma música muito bonita e cheia de rimas, com uma letra sustentável (assim como todas as letras que ele compõe). 
Sempre gostei de Rap, daqueles que falam da sociedade, que desafiam o nosso cérebro a pensar com base na verdade, e não por intermédio do que os políticos e a mídia geralmente nos passam como verdade. Também gosto daquele estilo mais romântico, que usa as rimas para pregar o amor.



Por isso o Projota se tornou um cantor tão especial, pois além de compor e cantar incrivelmente bem, ele consegue nos levar para mundos diferentes em suas músicas.

Em entrevista para a Revista Quem, Projota fala sobre o amor por seus cães, sobre o sucesso com a música "Elas Gostam Assim" que fez parte da trilha sonora da novela Global "I Love Paraisópolis", e conta também sobre alguns problemas que enfrentou antes de se tornar uma figura pública, como por exemplo, a perda da mãe aos 9 anos.
No Blog Ferida Urbana, Projota conta um pouco sobre a música "Mais Do Que Pegadas" fala que o vídeo (feito para a música) faz parte de um projeto chamado Intercessões, que visa a lírica dos Raps, por isso a música não tem refrão, visando destacar a mensagem passada. O próprio Projota diz que a música foi escolhida por mexer muito com ele "Essa música é dedicada a todos os amantes do Rap e todas as pessoas que sonham com algo maior do que as expectativas que os outros colocam sobre elas. Foco, força e fé."
Nos dias de hoje, com tanta violência, preconceito e intolerância, devemos valorizar quem luta por seus ideais sem precisar passar por cima de outras pessoas. Olhar para o próximo com compaixão, desenvolver a empatia e quando possível, ajudar, deveria ser um padrão para vivermos em sociedade. Infelizmente a maldade existe, o sistema é falho e os que mais precisam são os que menos recebem, mas se cada um fizer mais do que pegadas nesse chão, um dia, talvez, a igualdade prevaleça.






"Batidas fortes, verbo contundente, refrões marcantes e atitude. Não sei se a fórmula perfeita, mas mesmo que imperfeita, essa é minha fórmula. Minha vida será dividida em: antes de Muita luz e depois de Muita luz. Pois quando escrevi cada frase desse disco, minha intenção era que a sua vida também fosse dividida da mesma maneira."

(Projota)










Foco, Força e Fé! Beijos e até a próxima =D

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu comentário