A Playlist de Hayden - Michelle Falkoff

Olá pokémons,

Hoje vim falar do livro de Michelle Falkoff, publicado pela editora Novo Conceito, A playlist de Hayden. Estava muito ansioso para ler este livro que há meses vinha me cativando. Não apenas por essa capa extraordinária, mas também por envolver música (não apenas uma música, mas uma playlist inteira *-*).
Antes de falar do conteúdo em si, vou ressaltar como esse lindo livro parou em minhas mãos e por que é tão especial.
Bom, ganhei esse livro no amigo secreto e confesso que fiquei super feliz ao recebê-lo.  Fran (a linda que me tirou) foi tão meiga e tão especial, que além do livro me mandou a playlist dela. E nada vai tirar o valor que isso tem para mim. Guardo a playlist junto com o livro e sempre quando vejo, abro-a para ler e cheirar o papel (que por sinal tem o cheiro dela).


Sentimentos pelo material físico já existia, só faltava criar laços com a história de Sam e Hayden. E foi justamente o que aconteceu...

AVISO: NÃO É SPOILER, FALA LOGO NO PRÓLOGO.

Sam e Hayden são dois amigos de infância que não possuem outros amigos. Só os dois e fim. Tímidos, os dois cresceram em lados opostos de Libertyville e formaram a amizade na escola. Desde então, foram inseparáveis. Discutiam música (falavam mal de Coldplay! Como podem?), jogavam Mage Warfare e o mais importante, confiavam um no outro.

Dói só de escrever, mas vamos lá:

Hayden se mata.

Simples assim, excesso de remédios, bebida alcoólica, e um vazio enorme em Sam.


“Ele me deixou sozinho e eu jamais tinha feito isso com ele”


Sam é o primeiro a encontrá-lo morto em seu quarto. No inicio achava que o amigo estava dormindo, até entender tudo e achar um bilhete no chão:





O bilhete de Hayden era uma Playlist com 27 músicas, que ao decorrer do livro são reveladas como “titulo” de cada capítulo. Eu não esperei terminar o capítulo para saber qual era a música, por isso anotei todas antes de começar a ler e baixei cada uma, criando assim minha própria playlist de Hayden.



Das 27 músicas eu só conhecia uma: Say Something.



Com Hayden morto, Sam se remói cada vez mais, por querer saber respostas. Uma noite antes eles foram a uma festa, o que de fato era novo para ambos, pois não iam a lugares badalados. Houve uma briga envolvendo a “Trinfeta do bullying” e Hayden. Mas o que Sam não entendia, era:

  • Por que Hayden quis ir a uma festa?
  • Por que houve uma briga?
  • Por que Hayden não está mais aqui?
  • O que significava aquela playlist?

Assistir o velório do amigo foi extremamente difícil e revoltante para Sam. A igreja estava lotada de sentimentos falsos e hipócritas. Só Sam entendia Hayden, só Sam amava Hayden, só Sam foi amigo de Hayden. E agora estava sozinho e revoltado por não ter impedido aquele caos todo que transbordava de sua alma.

A história vai se desenrolando com o revelar dos fatos, onde alguém está usando a conta de Hayden em Mage Warfare, e pior ainda, está mandando mensagens para Sam. A aparição de uma amiga de Hyden (o que deixa Sam inconformado, pois Hayden&Sam eram sempre Hayden&Sam e mais ninguém) a Astrid, ensina a Sam que a superação existe e novos amigos são sempre bem vindos.

Acompanhar essa história que envolve bullying, superação, raiva, solidão, classes sociais, homofobia e esperança, foi emocionante. No ultimo capitulo meu coração começou a acelerar e finalmente, assim como Sam, eu descobri que todos temos uma segunda chance.

Agora cabe a você descobrir os mistérios envolvidos nesse caos narrado por Michelle.


“Ele está comigo o tempo todo”

3 comentários :

  1. Lucas ❤ você não tem ideia de como amo livros com essa temática. Sempre que tem alguém que se mata sinto a necessidade de ler e saber o que o levou a isso. Já leu Os 13 Porquês? Leia, é maravilhoso.
    A Playlist de Hayden também está na minha lista e espero poder lê-lo logo logo, para ouvir essa playlist e me aprofundar nessa linda história ❤ enquanto sua resenha... Perfeita ,como sempre (Fraaaan, rum -_-)

    Blog Cupcakeland

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não li os 13 Porquês. Mas também está na minha lista de "Livros que tenho que ler". Obrigado pelo comentário Kah <3

      Excluir
  2. Adorei a resenha seu lindo. Ainda mais a escolha das músicas!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário