Qual Seu Número? - Karyn Bosnak



Oi amorecos, que calor é esse hein. E falando em calor, hoje trago uma resenha muito calorosa (aff que papinho idiota kkk).
Bom vamos tentar de novo.

E se você visse estampado em uma dessas revistas femininas a seguinte matéria, o que faria?!

"A média de homens para uma mulher
 é de 10,5"

Pois é, Delilah Darling, com quase 30 anos e solteira após ler essa manchete em uma revista feminina e ter sido demitida de seu emprego, decide tomar uma decisão em sua vida, afinal, a matéria ainda dizia que se uma mulher passou dessa média, seria quase impossível encontrar a pessoa certa para sua vida, e além disso, sua mãe a todo o momento lhe cobra que arrume um namorado, afinal, até sua irmã mais nova vai se casar.

"Meu nome é Delilah Darling. Tenho 29 anos. Sou solteira, e, bem... sou uma mulher fácil..."

Sua decisão é nada mais que ir atrás de seus "ex-namorados" para tentar reconquistá-los, essa busca trará muitas surpresas em sua vida, e antes mesmo de começar essa "caça" ela se depara com Daniel Wilkerson (um dos ex-namorados) na capela de um confessionário, após ter relatado todo seu desespero, e particularidades de sua vida íntima, pois é, ele era o padre (OMG).

"... Você é padre?... Sou!.. Faz muito tempo, Delilah. 
Da última vez que nos vimos estávamos... Transando..."

Essa busca se torna muito engraçada e contará com a ajuda de seu mais novo vizinho Colin (lindo, fofo, ás vezes tem um charme de sacana), que faz seu serviço de investigador a fim de ajudá-la a encontrar alguns desses "ex".

A cada um dos lugares que ela vai (alugou um carro pra viajar atrás desdes caras - LOUCA), tem uma surpresa diferente e engraçada.
Suas primeiras buscas de início lhe fazem criar uma certa expectativa, afinal um dos caras (2 - Rod - relacionamento baseado em sexo)  lhe coloca num hotel melhor, manda buscar a cachorrinha dela (uma yorke que ela comprou pra encontrar o primeiro cara) pra tosar e dar banho, deixa uma cesta de produtos de beleza pra ela e a leva pra jantar.
Mas também tem os que ela se arrepende de ter ido atrás: como o que é fascinado por senhoras com mais de 50 anos, o ex-presidiário, ou ainda, o que a fez entrar numa clínica de reabilitação como se fosse usuária de drogas (pois é ri muitoooo nessa parte).

A cada um dos caras ela começa a ficar preocupada afinal suas chances estão se acabando, mas como o destino ás vezes nos prega peças, ela descobrirá que o número é só um detalhe e que ás vezes podemos nos enganar com eles, e mais do que isso, que nem sempre o que parece é.

A história na verdade, trata-se de uma crítica às imposições da sociedade, àquelas que por vezes nos faz deixar a felicidade de lado sabe, pois é.
É uma típica comédia romântica e me lembrou bastante os livros da Maryan Keyes, Sophie Kinsella e outras autoras maravilhosas nesse gênero.
Adquiri esse livro da Novo Conceito por apenas R$ 9,90 numa banca de jornal na Avenida Paulista (SP) sem nenhuma esperança de ser um livro gostoso de ler, mas me surpreendi, recomendo a leitura, no mínimo umas boas risadas ele vai tirar de você e como a dedicatória da própria autora diz, lembre-se sempre:

"... Nosso passado nos transforma em quem somos hoje. Não se arrependa!".

Beijokas e até a próxima!!!

14 comentários :

  1. Oie, já assisti o filme e achei ele bem legal. Não sou muito fã de chick-lit que tem esse tipo de crítica social. Nunca vejo como critica social e isso me incomoda bastante.
    Quero ver se leio o livro, ele me parece bem divertido.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helana recomendo muito o livro é muito legal, pena eu não poder contar muito pra não tirar a graça de quem irá lê-lo, porque tem umas partes muito engraçadas.

      Quando a não enxergar as críticas sociais, é natural, cada leitor interpreta a história de uma maneira diferente, não se incomode linda!

      Excluir
  2. Amei a resenha, quando li já tinha visto o filme, então fiquei bem assustada com a diferença entre eles. Mas o livro é muito gostoso de ler e bem engraçado também. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dei uma olhada por cima no filme e não curti muito não, parece desconstruir um pouco o que imaginei dos personagens e situação, não curto filmes assim.

      Excluir
  3. Ooi
    Já vi apenas o filme, até a poucos minutos atrás eu nem sabia da existência do livro hahah
    Eu gostei bastante do filme, então creio que devo amaaar o livro.
    Beijos!
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Catrine recomendo o livro, embora não tenha parado pra assistir o filme.

      Excluir
  4. Oiiie
    sou bem suspeita para falar pois adoroooo o livro e o filme, é super engraçado e gostoso, boa dica de leitura para quem gosta de um bom chick-li

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oiii, tudo bem? Eu apenas assisti ao filme, ainda não tive oportunidade de ler o livro, mas com este valorzinho compraria com toda certeza hahahahahaha quero realmente muito ler!
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrs...
      De fato o valor não dá pra deixar passar despercebido!

      Excluir
  6. Hello!

    Esse filme eu ja tinha visto na epoca que eu estava na escola, e foi otimo poder relembrar dele aqui no blog.
    A ideia da crítica às imposições da sociedade foi bem interessante mesmo, acho que na epoca eu nem pensei nisso, meu senso critico nao era tao maduro.
    O preço do livro compesou demais e que bom que o livro te agradou.
    Vou ver se assisto de novo, acho que nao leria.

    LIVROS E SUSHI - https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Grazielli, já li esse livro há um bom tempinho atrás e gostei bastante.
    Apesar de ser longo a leitura flui que é uma beleza.
    A história é boa e os personagens te envolvem.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  8. Eu já tinha visto sobre o filme, mas não sobre o livro, haha. Gostei demais da resenha, parece mesmo um dos livros estilo Keyes e Kinsella, e eu definitivamente gosto muito desse jeito meio comédia romântica. Chick lit não é meu gênero favorito, mas é o que me ajuda a lidar com uma ressaca literária, então com certeza vou atrás desse livro para ler e me divertir um pouco.

    Beijos!
    Hels, The Blue Blog

    ResponderExcluir
  9. Hey,
    Eu vi o filme e ri muito e depois da sua resenha duvido que com o livro será diferente, vou ler com certeza.
    Beijos
    Bru, Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bom?
    Esse livro realmente é uma surpresa e a protagonista é bem maluca...kkkk
    A perseguição dela com os caras é hilária e o livro também nos faz pensar sobre nossa sociedade machista. Uma leitura leve e despretensiosa.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário