[Livros de Domingo] - Réquiem para um assassino - Paulo Levy

Há algum tempo não publico nada nessa coluna #Livros de Domingo, mas, hoje trouxe um livro super rápido de ler, no entanto um pouco pesado, devido a envolver morte, investigação policial e tráfico de drogas, mas aos que curtem esse gênero vão gostar bastante.
É a primeira resenha de parceria com a Editora Bússola, espero que de muitos que ainda estão por vir.
Réquiem para um assassino (Paulo Levy) é um romance policial, diferente dos que já li, a partir de um corpo encontrado em uma margem, inicia-se uma investigação criminal em busca de descobrir quem havia cometido tal assassinato. Tal assassinato atrai a atenção de curiosos, do poder público, da mídia e de pessoas envolvidas com o tráfico de drogas, e para piorar a investigação, não há marcas, sangue, ou qualquer pista de quem terá feito aquilo.
Com o passar da investigação Dornelas (personagem principal) acaba se envolvendo com pessoas da pior espécie, recebendo inclusive ameaças desconhecidas. Além de se envolver num emaranhado sem fim, onde estão envolvidos, traficante, prostitua e políticos, cada um apresentando sua versão do que sabia a respeito do tal assassinato.

Quando está prestes a concluir sua investigação se depara com mais mortes e até mesmo com matador de aluguel, tendo de colocar sua equipe inteira pra trabalhar no caso.

O que torna a história ainda melhor e o fato de os personagens mostrarem-se inocentes a todo tempo, achando que enganariam o tão competente Dornelas.

Além da história em si, foi perceptível que o autor quis colocar a tona assuntos como a demora nas investigações e a burocracia que existe em nosso país, além da tal delação premiada que ele não mediu esforços pra colocar sua opinião com uma pitada de ironia, talvez como uma crítica à legislação brasileira.

A única coisa que achei que poderia ser melhor é o final, que a meu ver faltou ação, além de que, fiquei esperando ele reencontrar os filhos - que esqueci de falar anteriormente foram embora com a mãe que fez Dornelas escolher entre ela e a profissão.

GOODNIGHT MOMMY - Por: Lucas Ferrarezi

Com esse clima de Halloween chegando nada melhor do que assistir a um filme terror com suspense pra entrar no clima, não acham? Bom, aqui estou para mais uma dica incrível de um filme! 



Goodnight Mommy (titulo original “Ich Seh Ich Seh”) é uma obra austríaca independente lançada em setembro desse ano, conta com uma abordagem totalmente diferente e complexa que podemos comprar com outro filme de suspense de sucesso.

A história se passa numa casa afastada da civilização, onde vive os irmãos gêmeos Elias e Lukas, eles estão “vivendo” sozinhos aguardando o retorno da mãe. Quando a mãe deles retorna de uma cirurgia plástica, para os gêmeos ela está diferente, não só por causa de seu rosto todo enfaixado, mas suas atitudes e comportamento.



Ao desenrolar da história o mistério só aumenta, deixando os dois ainda mais assustados com as atitudes de sua mãe e a maneira que ela está tratando ambos. Elias e Lukas começam a investigar, tentando saber a verdade, com isso eles percebem que ela está retirando as fotos dos quadros das paredes e dos álbuns, além de mostrar-se agressiva e reclusa.



Com um suspense incrível o filme te transporta para outra realidade. Faz você questionar sobre a verdadeira identidade da mãe dos meninos, deixando o público extremamente intrigado e com muitas perguntas sem respostas como: Será que ela é mesmo a mãe deles? Porque eles vivem isolados? Qual motivo da cirurgia? Essa cirurgia mudou a mãe deles? Ou é outra mulher se passando pela mãe deles? Essas e outras perguntas você ira fazer ao longo do filme.



Mas como todo filme de suspense que se preze tem uma história por trás de todo o mistério. Goodnight Mommy não fica atrás com suas cenas extremamente fortes, faz você se revirar no sofá, conta também com um inesperado segredo, que você só consegue decifrar nos minutos finais do filme.



O enredo do filme não conta com cenas de "terror" propriamente dito, o filme é focado no mistério e suspense, tendo também algumas cenas muito "paradas", mas elas logo são compensadas, pois logo em sequência algo intrigante acontece fazendo com que prenda o espectador, perdendo depois dessas cenas dispersas.




Goodnight Mommy” como é independente não teve muita aparição na mídia e nem na estreia nos cinemas brasileiros, mas você pode assistir online, e que tal assistir nesse final de semana de Halloween e me contar qual foi sua suspeita é também o que você achou do filme?!

Espero que gostem dessa resenha Especial de Halloween. Até a próxima resenha...
Lucas F.

Depois daquele beijo – Rafaella Vieira

Há algum tempo estou para resenhar o livro Depois daquele beijo (Rafaella Vieira), no entanto, devo confessar que demorei a lê-lo devido a se tratar de um livro com letra muito pequena o que a meu ver dificulta um pouco a leitura, mas vamos ao que interessa.

Caterine é nova na escola, saindo do trivial de aluna nova, ela é super bonita e amante da leitura, acaba por virar amiga de Michelle que até então tinha amigas totalmente diferentes de ti.
Após se conhecerem e terem de fazer um projeto de artes juntas, acabam por se beijarem, e a partir disso, descobrem que esse beijo é fora de tudo que já provaram, tornando-se perfeito.

“E então, seguindo o roteiro do filme, ela pousou as mãos no meu rosto, me olhando com doçura, e me puxou, coloca a boca entreaberta na minha. Por pouco não pensei que a vida era um musical... Era um beijo suave como seda, suculento e doce como pêssego maduro. ”.

A partir de então, resolvem assumir esse sentimento pra todos a sua volta, sem medo do que pode estar por vir.

A autora vem com o propósito de quebrar preconceitos a respeito do amor homoafetivo, descrevendo de maneira detalhada todos os momentos do romance das duas, até mesmo os mais íntimos.
É um livro super teen, com referências pop´s e super atuais além de uma escrita que cativa àquele que lê, com frases que às vezes nos traz questionamentos sobre o que é certo ou o que a sociedade impõe como certo.



Uma peculiaridade muito interessante é o fato de a história passar em Boa Viagem - Recife e trazer junto disso, falas regionais, o que com certeza me fez lembrar de algumas amigas e leitoras do blog (Andréia Crislaine - que me chama de galega paulista; Lorena Miranda que é cheia de sotaques). 

Conforme estava fazendo a resenha e pesquisando a respeito da autora, acabei descobrindo que o livro está disponível no Wattpad (Clicando Aqui).

Não Se Iluda Não - Isabela Freitas

Genteeee, como li rápido esse livro, tamanha minha curiosidade em saber do que se tratava e saber o que iria a acontecer com a Isa (personagem principal e autora deste).
Semana passada resenhei o primeiro da série, e confesso que depois do primeiro fiquei mega ansiosa pra ler esse, e então assim como no Não Se Apega Não, esse segundo livro da série, é muito gostoso de ler e trás várias experiências de vida da Isabela, com mais detalhes, o que tornou esse "diário" se tornar mais curioso a cada página.

Em Não Se Iluda Não, Isa traz mais detalhes de sua vida que com certeza é muito parecido com o que muita adolescente viveu, como os namoricos de adolescência, as decepções amorosas, os sonhos sendo "destruídos" por uns e "reconstruído" por outros, as desilusões. Além disso, ela conta a experiência de ser uma blogueira anônima no Blog Garota em Preto e Branco, blog este que ela conta parte de seus sentimentos e pensamentos a respeito dessa fase tão conturbada em sua vida. Não diferente do outro livro, ela traz dicas de como se Desapegar daquilo que não te faz bem e como evitar se Iludir com coisas supérfluas que não vão agregar nada em sua vida.

Nesse ela também coloca logo de início uma lista de 20 regras, só que dessa vez é para Não Se Iludir:















Isa está numa fase de final de relacionamento, viagem com uma prima pela qual ela não nutre bons sentimentos, sonhos estranhos lhe rondam a respeito de beijar seu melhor amigo, busca de emprego e de realização profissional e pessoal - afinal quer ser autora - daí então resolve criar um blog, mencionado anteriormente, pra desabafar. O que ela não imaginava é que todas essas coisas que a rondam iriam lhe trazer muitos questionamentos, e tais questionamentos lhe ensinariam a desapegar e não se iludir com as coisas e pessoas.
Seus sentimentos estão muito confusos a respeito de seu amigo Pedro, o qual, ela começa a ter sonhos pra lá de estranhos, confundindo ainda mais sua cabeça.
Sua viagem a Costa do Sauípe, lhe trouxe muitas novidades e questionamentos, além dos que já rondavam sua cabeça, fazendo-a por diversas vezes refletir a respeito do passado, do presente e de como será seu futuro.

"O passado diz muito sobre quem somos e sobre o que podemos nos tornar. Seria ultrajante dizer que o passado nos molda, mas ele revela mais do que palavras são capazes de expressar.".

Passaria a tarde inteira aqui falando a respeito da história da Isa, que nesse livro pareceu uma roda gigante, onde ora estava feliz, ora estava triste, ora estava lá embaixo, ora lá em cima, no entanto, estragaria a surpresa dos que ainda vão ler, por isso sem mais delongas, declaro que vão se surpreender a cada parágrafo do livro, com cada um dos personagens, que nesse são muitos e com as "dicas" da Isa a respeito da vida.

Ahhh... só mas uma coisinha, o Pedro tem um irmão Gêmeo (Gabriel) que surgirá na história nesse volume do livro, deixando a Isa mais enrascada e confusa ainda.

Como não poderia deixar passar em branco, resolvi colocar algumas dicas que ela deixa a decorrer do livro a respeito da ilusão ou não. Espero que gostem:

 Não devemos ter ciúmes daquilo que não é nosso nem do que já foi e não é mais... as pessoas não pertencem a ninguém nem a um lugar;
 Saudade dói, machuca, destroça. Aperta o peito e não nos deixa respirar...;
 Não se preocupe. Tudo vai dar certo. Ou errado. E o errado ás vezes é o certo. A vida tem maneiras estranhas de nos mostrar do que precisamos e, muitas vezes, não precisamos daquilo que acreditamos precisar.

Bom amorecos, por enquanto é só. Continuem acompanhando, afinal, mais coisas boas vem por ai!!!

E só pra instigar vocês, teremos mais um sorteio de Halloween, não percam por nada!


Marcas indeléveis - Amanda Bistafa

Oie amorecos essa semana tenho novidades maravilhosas pra vocês, desde sorteios até novas parcerias!!! Aguardem!!!


Bom, hoje resolvi falar a respeito de um livro que li a pouco tempo, mas que estava pensando o que escrever a respeito dele, afinal é um livro inspirador e muito, mas muito questionador.

Marcas indeléveis (Amanda Bistafa) é um livro de crônicas a respeito de assuntos do nosso cotidiano, a autora e parceria Amanda Bistafa faz reflexões sutis de situações do dia a dia de maneira super agradável, fazendo com que o leitor reflita a respeito de sua própria vida e seus próprios questionamentos. Pode ser encontrado no Wattpad (clicando AQUI).

Começa sua reflexão com uma crônica sobre o percorrer das gotas da chuva, comparando-o com o percorrer de nossas vidas e de nossos dias.







Não poderia deixar de mencionar o conto da Borboleta que faz uma comparação com os momentos em que ficamos estagnados sem saber qual caminho seguir, por medo do que podemos encontrar.

"... para ambas, as portas se mantêm abertas, mas se alguma conseguirá sair da caixa que a prende, somente o tempo dirá...".

Outro conto muito bom é o que questiona a famosa frase "mas, a grama do vizinho é mais verde", será que de fato é, ou você está enxergando da perspectiva errada, afinal, quantas e quantas vezes estamos sorrindo, e todos acham que estamos bem, mas na verdade não estamos de fato.

Além destes, tem um que questiona aquele famoso "queria voltar a ser adolescente", época em que não víamos a hora de nos tornarmos independentes e sair da barra da saia dos pais, pelo simples fato de não saber, ou, não querer ouvir os mais velhos a respeito do que é ser adulto: encarar responsabilidades; ser "atacado" por sentimentos até então desconhecidos; ver os nossos partirem. Enfim, sentimentos esses que só nos fazem sentir vontade de voltar a ser aquela menina de treze, quatorze anos.

É um misto de questionamentos que nós fazemos dia a dia e que por motivos pessoais, acabamos não nos questionando e a Amanda sabe através deste livro de crônicas mexer com nosso pensamento e com nossos sentimentos.
Sentimentos esses que todos temos de enfrentar, seja por bem ou por mal, e que por diversas vezes é só preciso mudar de rumo, enxergar de maneira diferente, seguir em frente sem medo do que poderá encontrar.


“O piores medos são aqueles que nós mesmos cultivamos... prioridades mudaram, meus interesses modificaram, meus pensamentos amadureceram... ”

Beijokassss e até amanhã!!!!

Não se apega não - Isabela Freitas

Confesso que custei a adquirir esse livro por conta de achar que seria mais um desses livrinhos "clichês" falando de relacionamento, decepções amorosas e outras coisas desse universo "sofrência" de adolescentes, ou então daqueles com frases e frases que todos estamos acostumados a ouvir e ler em livros motivacionais (que eu não curto muito não pra ser bem sincera). No entanto a Srta. Isabela Freitas me surpreendeu.
Isabela Freitas, ou Isa conforme costumam lhe chamar, narra sua própria história de vida, ou conforme gosta de falar a todo momento no livro, sua história ou seu "filminho de amor...". Fatos estes que lhe fez aprender a praticar o desapego e se valorizar e a se amar mais.

"Desapegar: remover da sua vida 
tudo que torne o seu coração mais pesado...".

O que torna a história diferente e engraçada é o fato da própria autora contar suas experiências, como se fosse um diário de sua vida e ainda dar dicas de como e porque se desapegar do que não te faz bem.





Afinal, quem de nós ao terminar um relacionamento, sair de um emprego, perder um ente querido e etc. e etc. já não ouviu as famosas frases: "...Bola pra frente... você merece algo melhor..". Pois é, ela é a típica personagem que nos traz pra realidade de que nem sempre aquilo que parece ser lindo e belo, é de fato, ou você nunca soube de um casal que viveu de aparências e que todo mundo achava ser o casal perfeito?!
Pois é, a Isa também passou por isso, só que deixou registrado em um livro pra lá de gostoso de ler os motivos pelos quais não valem a pena levar um relacionamento desse tipo a frente.

"Eu estava me destruindo para poder manter um relacionamento. 
E, olha, não vale a pena.".

Ela é ou foi, nada mais do que aquela típica garota que acredita em "contos de fadas" e "príncipes encantados", se apaixona facilmente pelo primeiro que aparenta ter os mesmo gostos que o seu, por acreditar sempre no lado bom das pessoas, a ponto de querer sempre "...atender expectativas de todos... preciso-fazer-todo-mundo-feliz-mas-em-troca-disso-serei-infeliz...". 

No entanto, ela conta com a ajuda dos amigos Pedro e Amanda, que vivem lhe trazendo para a realidade e fazendo com que ela seja mais "pé no chão".

"Nós três, certamente, éramos o grupo mais improvável de todos. Pedro, o superpopular, garanhão, bonito e desleixado, sonho de todas as garotas. Amanda, a japonesa nerd, com seus óculos de fundo de garrafa. E eu, bem eu era aquela loirinha estranha que estava sempre se dando mal quando o assunto era amor, porém, por algum motivo, ainda acreditava em finais felizes".

Tantas são as mensagens que esse livro traz, que se fosse discorrer a respeito de todas, passaria o final de semana aqui com vocês, mas de tantas, algumas posso afirmar ser as que todos deveriam levar para todos os âmbitos da vida:

 O desapego é saber se desprender de tudo aquilo que te retém, faz mal e sufoca;
 Tudo que você espera que o outro faça por você.. é exatamente o que não faz por si mesmo;
 Aquele que sabe do que é capaz pode conquistar qualquer coisa;
 Eu não preciso de quem não precisa de mim... O que é de verdade permanece a seu lado, sem que você peça;
 Nunca é tarde pra tirar de sua vida pessoas que só fazem figuração;
 Por mais que a gente queira e deseje que as pessoas mudem, se não quiserem mudar elas simplesmente vão continuar as mesmas.

Só assim, alcançaríamos o céu estrelado:

"...Estrelas me lembram mágica. Me fazem pensar que existem outras histórias, outras vidas, outros amores, outras coisas.
Estrelas são milhares de olhos brilhando de volta para você, no céu...".

E o melhor de tudo é saber que já tem mais um livro da série pra ler, "Não Se Iluda Não" que eu já comecei a ler, tamanha minha curiosidade em saber mais um pouquinho da história da Isa.



Promoção Halloween (Parceria Blog O diário Leitor)

Oi amorecos, conforme prometido, falei que essa semana teria muitas surpresas, então vamos lá!!!
Em parceria com o Blog Diário Leitor sortearei o box do Crepúsculo - Sthepanie Meyer, não deixe de participar, afinal, além deste tem vários outros livros pra concorrer!!!



















REGRAS

- Comente lá na postagem da promoção seu e-mail (válido) e nome de seguidor GFC (Clique Aqui);
- Cumpra as regras dos formulários;
- Cada blog é de responsabilidade do blog descrito na imagem, que terá o prazo de 30 a 90 dias para efetuar o envio;
- Nenhum dos blog´s se responsabiliza por perdas ou extravios dos correios;
- Caso o pacote retorne, o ganhador se responsabiliza pelo pagamento do frete para uma nova postagem;
- Após conferir se o vencedor seguiu as regras descritas nos formulários, será enviado um e-mail para ele e o mesmo terá 48 horas para responder com nome e endereço completo, caso contrário, outro sorteio será realizado.

CONFIRA OS KITS DO SORTEIO:




















PARA PARTICIPAR CLIQUE NO LINK E SIGA AS REGRAS:



Entrevista - Cris Motta - 41 anos - (Autora)

Bom dia amorecos, queria pedir desculpas por não postar ontem, mas é que foi mega correria esse fim de semana, prometo caprichar essa semana!!!
Hoje trago a entrevista com uma estrelinha pra lá de especial, senhorita Cris Motta (41 anos), autora do livro já resenhado aqui Baroak a estrela (clique aqui pra ler a resenha).

"Quando criança, ficava horas conversando com os personagens das histórias que inventava. Antes de embarcar no mundo mágico da literatura, formou-se em jornalismo e trabalhou em emissoras de rádio e televisão. Iniciou sua carreira na Rádio Tupi, posteriormente trabalhou na Rede Bandeirantes e, por último, na Rede Globo. Nesta empresa atuou nos programas Criança Esperança, Mais Você, entre outros. Atualmente, mora no Rio de Janeiro com seu marido e seus três filhos." (Fonte: Site da Autora)



"Ler é mágico. Conseguimos explorar novos mundos, nos conectar com outras culturas. Sempre aprendemos algo quando embarcamos em alguma história...".


Seu primeiro livro lido foi Pollyana, que ganhou do avô e se apaixonou pela história "... Pollyana via o lado bom de toda situação. Jogava o jogo do contente... Não foi o primeiro que li, mas foi que me fez ficar apaixonada pela literatura...".



Atualmente está lendo Entre dois amores (Carol Estrella) e menciona que embora se trate de um livro pra adolescente é muito divertido e com uma escrita que muito lhe agrada.

Além destes gosta de tantos outros como: Cem anos de Solidão (Gabriel Garcia Marquez), A sombra do Vento (Carlos Ruiz Záfon) e vários outros sobre espiritualidade.



"Não tem nenhum que eu goste mais, ou goste menos!"

Quanto a ser um personagem, escolheria ser a djinn Clair de sua própria trilogia Baroak, assim ajudaria muitas pessoas com seus poderes mágicos.

Falando de seu Livro:

É a história de uma jovem que viaja para a Árabia e acaba conhecendo e se envolvendo com seres míticos. 
No segundo livro, que acabou de ser lançado, a protagonista está com 20 anos e precisa fazer escolhas....
Ela viaja novamente para o Oriente, só que dessa vez para a Índia.
Suspense, paixão, amor, amizade verdadeira e aventura fazem parte dessa história mágica e envolvente.
O último livro está prometido será lançado em 2017.

"Os personagens e a história são construídos através de minhas próprias experiências... Fico imensamente feliz em ver que os jovens estão lendo cada vez mais! A Bienal Rio 2015 provou isso com um recorde de público e de vendas. Que Felicidade!!!".

O elixir dos sonhos - Ingrid Gaspar

Acredito enormemente que os livros surgem em nossas mãos através de nossas escolhas com um propósito, e O Elixir dos Sonhos da Ingrid Gaspar, não foi diferente, afinal estava há algum tempo parado na estante aguardando que eu o escolhesse, mas, ele veio no momento certo. Afinal, trouxe contigo um ensinamento que já conhecia, mas, que com o tempo fui deixando ser perdido nos ventos da tristeza, da decepção e da correria do dia a dia.
Talvez estejam se perguntando que ensinamento é esse, pois é, no lugar de vocês também estaria curiosa, afinal, quase nunca inicio uma resenha com declarações "pessoais" (rs), mas, se quiserem saber, sugiro que leiam essa história super gostosa e cheia de ensinamentos. Vou contar um pouquinho procês'.

Madeleine Brust já nasceu com nome de artista (não acham?), herdou do pai um vidrinho com uma essência (o elixir dos sonhos) e um livro pardo, com a promessa de que escreveria naquele livro algo que combinasse com a essência do elixir, no entanto, a vida resolve lhe surpreender com a morte de seus pais, a evaporação do elixir, levando junto com si a inspiração para escrever, e até mesmo o pouco que sobrava da esperança de saber mais a respeito de seus pais.
Sentindo-se sozinha e abandonada no mundo ela resolve que precisa ir de encontro com seu futuro, afinal, as contas e a escola não a esperam superar tudo que está passando pra continuar.


"... Ela precisa respirar o ar puro da noite... mas não larga o potinho prata de rara essência - O Elixir dos Sonhos - ganhou do pai que a fez prometer trazer a alegria de volta e a continuar a escrever, no livro esquisito, de folhas pardas...".


A partir disso, resolve sair por ai numa noite estrelada e se depara com um letreiro pra lá de diferente que até então não tinha visto em sua cidade e instigada pelo slogan resolve entrar e ver do que se trata.

E é na "We Know: você pergunta nós respondemos" que recebe uma pulseira que não sairá de seu pulso até que encontro o tal tesouro e junto a ele a essência do Elixir dos Sonhos.
A partir de então começa a busca pelo tal tesouro e a "perseguição" de Elim, que surge em momentos menos esperados por ela e das mais diversas formas, seja dando dicas, apressando-a, orientando-a através de charadas.

"...O jogo começou garota. A tarefa é dar o primeiro passo Comece a busca agora!
 Estou perto, de olho em você. Elim."

O que ela não imagina é que talvez o tesouro esteja dentro de si mesma, mas terá de buscar em lugares e mais lugares, a fim de resgatar sua própria essência. 
Enquanto isso Elim e a própria vida não a deixará em paz, colocando-a contra a parede, seja através de mensagens, situações ou terceiros.
Além de passar por tudo isso, ela acaba tendo de se afastar de sua melhor amiga Amanda que viaja pra longe pra seguir sua vida acadêmica, de sua tia Hebe por conta de seu tio Manuel que é um carrasco, que cedo ou tarde ela terá de enfrentar e de sua até então paixão, Pedro, que fará coisas que ela nem mesmo imaginou que fosse capaz.

"Minha vida parece uma roda gigante, cheia de altos e baixos, mais baixos do que altos. Há jeito de isso ser diferente? Só vejo luzes amarelas daqui... A roda gira...".



E de um momento para o outo, o que parecia não ter fim e ser imutável (destino sofrido sem os pais, sem amigos e sem um amor) começa a mudar completamente, e a busca pelo tal tesouro continua, seja através de seu novo emprego numa floricultura (ahh esqueci de falar que ela é apaixonada pelas rosas vermelhas), seja pelas novas amizades como a de Bruno, Mirela, Deise ou Ivy sua chefe.

Bom, só tenho elogios a fazer a essa história linda, que mostra desde o começo a essência do amor na vida das pessoas. Pra ser bem sincera, estamos vivendo em um momento (ao menos no Brasil) de muito desamor, egoísmos e vaidades idiotas, que a meu ver seriam levadas ao vento se houvesse pelo menos um pouquinho de amor e se as pessoas fossem em busca de seu próprio tesouro pessoal, pra finalizar, deixo uma mensagem que vi no livro e achei fantástica e uma música que diz muito a respeito da essência desse livro lindo que com certeza entrará em um dos meus preferidos:

"... O amor... precisa de compreensão mútua. Saber andar lado a lado, sem buscar interesses egoístas, deve afastar o ódio e o ciúme... Tudo tem uma razão de ser. Ainda que não compreendamos... você quem vai mudar a história... precisa seguir em frente... (quem sabe assim ajude Madeleine a encontrar o tal tesouro)...".




Precisei entrar e editar essa postagem porque acabo de descobrir que a autora criou uma música tema da personagem principal do livro... 
Mada com certeza está em pulos com essa singeleza.
Parabéns Ingrid Gaspar, AMEI!!!!

[Por Trás da Poltrona] - O Grande Truque - Por: Lucas Ferrarezi

Quem não gosta de truques de mágica, bom pelo menos eu adoro truques, ilusionismos e tudo que possa desafiar a realidade e o meu raciocino, pois tudo o que procuramos é uma solução lógica pra tudo, mas quando você não consegue deduzir algo ou adivinhar como aquele truque foi feito, isso começa a te intrigar e deixar uma duvida “Como isso é possível?”, “Como ele fez isso?” “Isso é real?”. Essa e entre muitas outras perguntas a gente se faz quando vemos algum truque surpreendente. Se você também se sente assim vai adorar o filme: O Grande Truque!



O Grande Truque não é um filme atual, foi lançado em novembro de 2006 (Há quase 10 anos) conta com nada mais que Hugh Jackman, Christian Bale, Michael Caine e Scarlett Johansson, grandes atores renomados no cinema. Filme foi brilhantemente dirigido por Christopher Nolan, que também dirigi grandes filmes atuais como “Interestelar”, “Transcendence”, “Homem de Aço” e a trilogia do “Batman”, entre muitos outros filmes de sucesso.
O filme é ambientado em Londres no século XIX, uma época com pouco entretenimento e diversão para as pessoas, sendo o ilusionismo/mágica uma forma de entreter e diverti o publico. A mágica existe desde os tempos dos faraós, mas foi ganhando força e publico com o tempo, não demorou muito para que na Europa ela fosse disseminada.


Ao decorrer do filme percebemos que ele não é apresentando de forma cronológica, apresentado “flashbacks” do presente com o passado, deixando o espectador tirar suas próprias conclusões e simular o que realmente está acontecendo com os personagens, fazendo com que você se instigue a descobrir o real mistério por trás dos truques.



Mais tarde somos apresentados a dois mágicos iniciantes, Robert e o Alfred, eles ajudam um Mágico famoso a realizar os truques todas as noites, se passando pelo publico que veio assistir a apresentação, ambos sobem ao palco para ajudar o Mágico com seu truque, mas tudo não passa de armação. Após diversas apresentações, algo dá errado no numero de mágica e a assistente, a qual entra no tanque d’água em todas as apresentações não consegue escapar do nó feito por Alfred e acaba morrendo deixando Robert o seu amado assistindo a sua morte.



Após incidente, Robert e Alfred saem em carreira solo para tentar realizar seus próprios truques, e ambos estão competido pelo mesmo publico. Não demorando muito pra ambos se tornarem rivais e tentarem roubar os truques de mágica um do outro, fazendo com que a disputa entre os dois cada vez mais destrutivas e agressiva, pois não parece que eles tem escrúpulos, fazendo praticamente tudo pra prejudicar seu “adversário”.


Com uma trama incrível repleta de mistério, truques de ilusionismo, contando também com experimentos científicos, o que faz a historia misturar a mágica com a ciência. O filme faz com que você só aumenta suas duvidas, deixando você com inúmeras dividas sobre o que é real ou não.  Seguindo até o final com a incógnita do que realmente está por trás de tudo, e qual é o segredo do “grande truque”? 

O Grande Truque foi bastante aclamando pela critica, recebendo duas indicações a o Oscar nas categorias de Melhor Fotografia e Melhor Direção de Arte. Então se você não conhecia e ainda não assistiu eu recomendo muito esse filme, assiste e deixa o seu comentário aqui; mas se você já assistiu deixa do comentário sobre o que mais gostou no filme. Até a próxima resenha...


Lucas F.

Magimakia: a busca por Merlin - Rafael Lovato

Amorecosss, hoje trago a resenha do livro Magimakia: a busca por Merlin, um livro que muito me impressionou, seja por sua história repleta de conhecimento, ou, pela maneira tão clara e divertida que o autor trata de assuntos relacionados à magia e ao mundo fantástico, trazendo uma linha tênue de lembrança dos livros do Harry Potter (J.K. Rowlin).


Rafael Lovato, escreve com destreza e clareza, tornando a história muito gostosa e interessante, no entanto, confesso, que talvez por eu não ter um conhecimento refinado sobre magia, senti falta de algumas explicações no decorrer da história - No meu caso, eu tenho conhecimento de pesquisa e fui atrás de algumas dúvidas, mas um leitor que não tenha, talvez desista da leitura, por achar que não está conseguindo entender, porque o que ás vezes parece obvio pra um (ex: quem é Merlin, o que ele fez ou deixou de fazer) nem sempre é para o outro.

Nessa narrativa, Rafael Lovato conta sobre seu primeiro contato com um Goblin, que o incumbiu de traduzir três livros sobre Magimakia, a fim de mostrar toda a história ao mundo.

“... A primeira vez o Goblin me contatou, e jurei que só podia ser brincadeira... ele insistiu em me apresentar uma história ‘fantástica, fabulosa e estupenda´...”.

Nessa jornada, ele conta a história de Oliver, um garoto de 15 anos, pequeno, vítima de bullying na escola e apaixonado por uma garota que nem sabe que ele existe. No entanto, sua vida muda do dia pra noite, com a chegada de um Goblin anão, que acompanhado de um Troll gigante o sequestra e o leva a um mundo até então desconhecido, o mundo da magia, onde tudo o que acontece parece ser um sonho, fazendo com que ele sinta falta de sua família, amigos e até mesmo da prova de matemática que iria fazer no dia seguinte.

Chega lá e recebe a seguinte notícia: “a situação dos magos e bruxas vai de mal a pior... Sem o tão esperado retorno de Merlin Drake, não se reestabelecerá o poder total da energia azul dos magos, não restando qualquer dúvida de que se tornarão alvo fácil para a conquista da escravidão... Atenção, atenção meus queridos... a Magimakia vem aí, e trará morte como convidada de honra!”.

E com essa notícia, o que era desconhecido, passa a ser ainda mais, afinal, até então para ele nenhum desses seres fantásticos existiam de fato, nem os tais portais mágicos, que os transportava para lugares diferentes a cada momento.

                   “...Sério, já tô cansado dessa história de acordar em lugares estranhos...”

A história toma um rumo completamente diferente e mais assustador ainda para Oliver, quando lhe é informado que ele é o único descendente do mago Merlin Drake (ordem dos magos), desaparecido há mais de quinhentos anos, no entanto, ainda vivo em algum lugar que somente ele poderá chegar e quem sabe salvar o mundo e sua própria vida.

“Para quem ainda não conhece, esse é o mais novo mago da Ordem, Oliver Drake, filho do saudoso James Drake e responsável pelo descobrimento do mausoléu de Merlin!”.


Quem curte seres mágicos vai amar essa história, cheia de bruxas (e pasmem bruxinhas super simpáticas e do bem), dragõezinhos, gobblins, trolls e outros mais lindos que o outro.

Devo admitir que o Sr. Rafael Lovato me impressionou com um final, que, embora eu já esteja na fila pra ler o próximo, foi sensacional, ainda mais quando o Gobblin volta pra ver se ele já traduziu tudo e tem a seguinte resposta:

“... – Ok, ok... vamos publicar o que você já traduziu.
- Se me permitir apontar; não penso que isso seja uma boa ideia... os leitores vão querer saber a história completa...”.

[Estranho mundo das séries] - Scream - Por: Lucas Ferrarezi

Outubro... um mês tão incrível, pelo menos para mim, e não é só por causa dos dia das crianças kkk, mas a verdadeira razão é o Halloween, ou popularmente conhecido como “Dia das Bruxas”. Pouco celebrado no Brasil, mas mundialmente conhecido; nesse dia crianças, adolescentes e até adultos se fantasiam de elementos e figuras assustadoras como: bruxas, vampiros, fantasmas, zumbis, caveiras e entre outros monstros e fantasias. Como é tradição, as crianças vão de porta em porta “assustar” as pessoas indagando seus vizinhos com a seguinte pergunta “gostosura ou travessura?” e como é de praxe as pessoas enchem a sacola das crianças de doces e guloseimas, evitando assim as travessuras delas.
Mas esse é o lado lúdico da história do Halloween, pois a verdadeira história é bastante macabra e sombria, quem ainda permanece presente mesmo depois de tanto tempo. Acreditam que o ultimo dia de outubro os espíritos saiam dos seus túmulos e iriam a buscar dos corpos dos vivos para se apoderar deles, e para que isso não ocorresse às pessoas colocavam objetos assustadores na porta de suas casas para espantá-los. Ao decorrer o tempo esse costume, começou a ser mal visto pelos cristãos, denominando as práticas de tais atos como bruxaria, e para todos aqueles que praticassem eram considerados bruxos ou bruxas e eram submetidos à Inquisição, ficando conhecido o dia 31 de outubro como Dia das Bruxas. Apesar de tudo o que ocorreu, essa tradição ainda persiste em todo território norte-americano, se englobando para outros países como o Brasil.


E como eu não iria deixar passar essa data tão especial e significativa para mim, aqui vai uma resenha nesse clima de Halloween.



A nova aposta do Netflix é a série Scream, baseada no filme Pânico, um clássico de 1996. A série foi lançada no dia 01 outubro e conta com 10 episódios da sua primeira temporada. Apostando no terror e mistério, a série já é um grande sucesso, a cada dia que passa mais pessoas assinam Netflix para acompanhar suas séries próprias, além de milhares de outras séries e filmes.
Scream mostra a vida de adolescentes, norte-americanos que aparentemente vivem uma vida normal, praticam esportes, estudam e possuem seu próprio ciclo de amizade. A história começa quando um vídeo íntimo de duas adolescentes se torna "viral" nas redes sociais. Quem flagra esse momento grava o vídeo é Nina, uma jovem estudante muito popular, que para ela não passa de "brincadeira" com umas estudantes do seu colégio, Audrey.



Sem mostrar nenhum arrependimento ela retorna pra sua casa com seu namorado Tyler, dispensando para ficar sozinha em sua casa. Mas começa acontecer algumas coisas estranhas, Nina começa a receber vídeos dela e mensagens provocadoras do Tyler.



Imaginando que seja seu namorando a espionando ele continua o “joguinho” dele e vai para parte externa de sua casa aproveitar sua jacuzzi só de biquíni, é quando a cabeça de seu namorado é arremessada na água junto a ela, deixando claro que outra pessoa está observando; desesperada ela tenta entrar na sua casa, mas as portas estão trancadas, sem muito pra onde ir, ela tenta disparadamente pedir socorro, sendo surpreendida por trás levando uma facada nas costas, indefesa o mascarado a imobiliza e corta a sua garganta, jogando-a na piscina. No dia seguinte os pais dela se deparam como o corpo de sua filha morta na piscina, deixando em estado de choque. 



Não demora muito para que a notícia se espalhe pela cidade e pela escola, onde ela estudava. Fazendo que seus amigos fiquem perplexos e ao mesmo tempo intrigados sobre o que de fato aconteceu, trazendo um antigo rumor que o assassino mascarado, Brandon James de volta, o assassino que quase matou o pai de Emma, amiga de Nina, mas agora encarnado por outra pessoa. Tornando o principal suspeito do crime o namorado dela, Tyler, pois não se tem noticia do paradeiro dele desde a noite do assassinato, mas o que a policia não desconfia é que Tyler também está morto.

Com essa suspeita de quem é o assassino Emma, começa a receber ameaças pelo celular, mensagens e telefonemas anônimos misteriosos. Mostrando também um segredo que a mãe de Emma vem escondendo, a mãe dela conhecia o serial killer, Brandon James, que massacrou diversos adolescentes há 20 anos. 



Agora Emma é o principal alvo de um desconhecido, que a deixa com várias incertezas, uma delas é que uma pessoa muito próxima dela é o assassino, fazendo com que desconfie da amizade que ela tem com seus amigos e do seu relacionamento com seu namorado, Will; deixando a confiança dela abalada.
A partir desse momento você se vê num meio de um mistério aterrorizante... Quem é o real assassino de Nina? Quem está por trás disso tudo? E ainda mais quem vai ser o próximo?... Isso e muito mais está presente em Scream, então corre lá no site no Netflix e aperta o play.  ;)



Espero que tenham gostado se gostou comenta aqui em baixo e compartilha com seus amigos. Até a próxima resenha.

Lucas F.