Entrevista - Débora Gimenes - 41 anos - (Autora)



Oie meus lindos, há tempos estava pra trazer essa entrevista pra vocês, e hoje aqui está, espero que gostem!!!

Debora Gimenes, autora parceira do blog, 41 anos. Amante dos livros e da leitura, acredita que através da leitura é possível, além de, adquirir conhecimento e cultura, conhecer outros mundos e viver outras várias vidas e serve de passatempo.


Seu primeira leitura foi, Ilha perdida - Maria José Dupré (Coleção Vagalume), leitura esta obrigatória mas, esta a viciou ao mundo da leitura.





Atualmente, além de vários livros técnicos, devido à faculdade, ela está lendo Noturno, Insonho, Novembro de 1963 e A maldição do cigano.



No entanto, seu tipo de leitura predileta são dos gêneros: terror, policiais e romances.

"Gosto muito do estilo do Stephen King para terror, gosto do estilo Agatha Christie para policial e gosto da Stephenie Meyer como escritora infanto juvenil. Sim sou fã da saga crepúsculo, mas li o livro como se fosse um romance, não como livro de vampiro".


Se pudesse escolher ser um(a) personagem, escolheria uma vampira justiceira, tanto pela possibilidade de fazer justiça com as pessoas, por poder livrar o mundo da escória do mal, quanto pela liberdade que esses seres têm.




















Livros de Sua Autoria:

Do Real ao Imaginário

Seu único livro impresso que fala sobre lendas do Brasil e do mundo, criado a partir de seu ponto de vista e com histórias a partir de pesquisas realizadas por ela.
Talvez fará um novo livro baseados em lendas.

"Sou fã de lendas e mitos, tenho alguns contos escritos sobre o tema os que estão nesse livro são os que gostei mais. Encaixei as lendas a personagens do meu dia a dia".



Mais palavras da autora:

Há livros e livros, não podemos julgar um livro por um trabalho mal cuidado, pela editora ou mesmo pelo autor. Conheço grandes autores que escreveram obras maravilhosas que não tiveram o devido carinho das editoras ou até mesmo do pai.
Ler é importante, ler nos ensina, nos distrai e nos fortalece culturalmente.
Infelizmente aqui no Brasil a literatura não tem o devido respeito, não é bem divulgada.

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu comentário