[Resenhas] - O elixir dos sonhos - Engrid Gaspar

Acredito enormemente que os livros surgem em nossas mãos através de nossas escolhas com um propósito, e O Elixir dos Sonhos da Ingrid Gaspar, não foi diferente, afinal estava há algum tempo parado na estante aguardando que eu o escolhesse, mas, ele veio no momento certo. Afinal, trouxe contigo um ensinamento que já conhecia, mas, que com o tempo fui deixando ser perdido nos ventos da tristeza, da decepção e da correria do dia a dia.
Talvez estejam se perguntando que ensinamento é esse, pois é, no lugar de vocês também estaria curiosa, afinal, quase nunca inicio uma resenha com declarações "pessoais" (rs), mas, se quiserem saber, sugiro que leiam essa história super gostosa e cheia de ensinamentos. Vou contar um pouquinho procês'.



Madeleine Brust já nasceu com nome de artista (não acham?), herdou do pai um vidrinho com uma essência (o elixir dos sonhos) e um livro pardo, com a promessa de que escreveria naquele livro algo que combinasse com a essência do elixir, no entanto, a vida resolve lhe surpreender com a morte de seus pais, a evaporação do elixir, levando junto com si a inspiração para escrever, e até mesmo o pouco que sobrava da esperança de saber mais a respeito de seus pais.





Sentindo-se sozinha e abandonada no mundo ela resolve que precisa ir de encontro com seu futuro, afinal, as contas e a escola não a esperam superar tudo que está passando pra continuar.




"... Ela precisa respirar o ar puro da noite... mas não larga o potinho prata de rara essência - O Elixir dos Sonhos - ganhou do pai que a fez prometer trazer a alegria de volta e a continuar a escrever, no livro esquisito, de folhas pardas...".








A partir disso, resolve sair por ai numa noite estrelada e se depara com um letreiro pra lá de diferente que até então não tinha visto em sua cidade e instigada pelo slogan resolve entrar e ver do que se trata.

E é na "We Know: você pergunta nós respondemos" que recebe uma pulseira que não sairá de seu pulso até que encontro o tal tesouro e junto a ele a essência do Elixir dos Sonhos.
A partir de então começa a busca pelo tal tesouro e a "perseguição" de Elim, que surge em momentos menos esperados por ela e das mais diversas formas, seja dando dicas, apressando-a, orientando-a através de charadas.

"...O jogo começou garota. A tarefa é dar o primeiro passo Comece a busca agora!
 Estou perto, de olho em você. Elim."

O que ela não imagina é que talvez o tesouro esteja dentro de si mesma, mas terá de buscar em lugares e mais lugares, a fim de resgatar sua própria essência. 
Enquanto isso Elim e a própria vida não a deixará em paz, colocando-a contra a parede, seja através de mensagens, situações ou terceiros.
Além de passar por tudo isso, ela acaba tendo de se afastar de sua melhor amiga Amanda que viaja pra longe pra seguir sua vida acadêmica, de sua tia Hebe por conta de seu tio Manuel que é um carrasco, que cedo ou tarde ela terá de enfrentar e de sua até então paixão, Pedro, que fará coisas que ela nem mesmo imaginou que fosse capaz.

"Minha vida parece uma roda gigante, cheia de altos e baixos, mais baixos do que altos. Há jeito de isso ser diferente? Só vejo luzes amarelas daqui... A roda gira...".

























E de um momento para o outo, o que parecia não ter fim e ser imutável (destino sofrido sem os pais, sem amigos e sem um amor) começa a mudar completamente, e a busca pelo tal tesouro continua, seja através de seu novo emprego numa floricultura (ahh esqueci de falar que ela é apaixonada pelas rosas vermelhas), seja pelas novas amizades como a de Bruno, Mirela, Deise ou Ivy sua chefe.

Bom, só tenho elogios a fazer a essa história linda, que mostra desde o começo a essência do amor na vida das pessoas. Pra ser bem sincera, estamos vivendo em um momento (ao menos no Brasil) de muito desamor, egoísmos e vaidades idiotas, que a meu ver seriam levadas ao vento se houvesse pelo menos um pouquinho de amor e se as pessoas fossem em busca de seu próprio tesouro pessoal, pra finalizar, deixo uma mensagem que vi no livro e achei fantástica e uma música que diz muito a respeito da essência desse livro lindo que com certeza entrará em um dos meus preferidos:

"... O amor... precisa de compreensão mútua. Saber andar lado a lado, sem buscar interesses egoístas, deve afastar o ódio e o ciúme... Tudo tem uma razão de ser. Ainda que não compreendamos... você quem vai mudar a história... precisa seguir em frente... (quem sabe assim ajude Madeleine a encontrar o tal tesouro)...".




Precisei entrar e editar essa postagem porque acabo de descobrir que a autora criou uma música tema da personagem principal do livro... 
Mada com certeza está em pulos com essa singeleza.
Parabéns Ingrid Gaspar, AMEI!!!!

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu comentário