[Estranho Mundo das Séries] - American Horror Story: Asylum - Por: Lucas Ferrarezi


Você teria coragem de visitar um lugar mal assombrado? Conhecer diversos lugares assombrados e assustadores que possuem diversas histórias macabras e sinistras? 

E um sanatório, onde abrigava todo o tipo de pessoas com distúrbios mentais e até assassinos, um lugar repleto de mistérios e mortes sem solução, que foi fechado por ser um extremamente perigoso, essa é a Mansão Briarcliff. Assim começa a 2º temporada de American Horror Story: Asylum.

O começo da segunda temporada acontece nos dias de hoje, mostra um casal em lua de mel que resolve desbravar os lugares mal assombrados em busca de “diversão”. Em meio aos escombros e destroços do antigo sanatório de Briacliff, o casal se diverte tirando foto e lendo historias sobre o lugar. Mas tem algo estranho nisso tudo, mesmo assim o casal continua explorando o lugar, quando algo terrível acontece, mas já é tarde demais para eles perceberem...






De volta a 1964, o jovem Kit Walker após um logo dia de trabalho no posto de gasolina, fecha ao estabelecimento, mas acaba sendo surpreendido pela visita de alguns “amigos”, eles pretendem usar a arma que Kit para resolver “problemas”. Kit dispensa e não deixa que eles levem arma, mas eles o ameaçam, ele e a sua “esposa”. Ao voltar para casa Kit, onde encontra sua esposa Alma, fazendo o jantar para eles, conturbado algo estranho acontece e Kit pensou que seria o pessoal que o ameaçou, mas é algo diferente que não é desse mundo. Depois um incidente misterioso onde Kit diz que sua esposa foi abduzida por alienígenas, ele passa a ser acusado do assassinato brutal de sua esposa e de outras mulheres, os corpos encontrados estavam sem a pele e a cabeça, onde ele ganhou outro nome por esses crimes, Cara Sangrenta.Com esse histórico de homicídios, Kit é transferido para sanatório de Briacliff, onde espera seu julgamento, do qual o psiquiatra Oliver Thredson, irar dar o parecer se ele vai passar o resto da vida no sanatório ou irar para a cadeira elétrica.



Ao descobrir que o “Cara Sangrenta” está na mansão de Briacliff, a jornalista Lana Wiltiers não perde a oportunidade de lhe entrevistar, conseguindo o maior furo de sua carreira, para isso ela convence a irmã Jude Martin, responsável pelo sanatório que ela está indo em busca de uma matéria sobre o pão fabricado por ela, sem desconfiar de nada a irmã aceita a oferta. Mas sua chegada é bastante conturbada, pois ao entrar na sala da irmã Jude, depara com ela “punido” uma paciente, raspando a lateral do cabelo dela. Ao começar a entrevistar a irmã, Lana escapa que está mais interessada no novo paciente do sanatório, aborrecida à irmã expulsa a jornalista, sem deixar com que ela realize a sua entrevista. Lana percebe o quanto o local é estranho e perturbador, mas não desiste de sua matéria, ela retorna a noite a fim de conseguir a sua entrevista, mas algo dá errado... E quando ela acorda está amarrada numa cama dentro do sanatório com a irmã informando que agora ela vai ficar lá até que ela seja “curada”.



Dentre muitos outros personagens cada um com a sua história, mas todos muito misteriosos, a série sege desenrolando e mostrando o “passado” de cada um e deixando você cada vez mais curioso pra saber o que vai acontecer ou o que aconteceu mesmo com cada um personagem, será que podemos confiar neles, nas histórias que eles contam, é isso que American Horror Story: Asylum, ira causar em você...



Dentre a primeira e a segunda temporada, a segunda é bem mais macabra, assustadora e aterrorizante com toda certeza, cada episodio que se passam mais dramas, suspense e muito mistério é lançado ao espectador. Com cenas bastante forte, de sexo, violência não aconselho para todo mundo, tem que ter um estomago forte para assistir a série.

Essa temporada foi igual à primeira, assisti num piscar de olhos, um episódio atrás do outro, tudo graças ao Netflix. E uma série bastante viciante por conta de tantos mistérios que estão envolvidos no enredo, uma trama que te faz perder a respiração a cada segundo, já sou faz de AHS, espero que vocês também se tornem.


Os que acharam da resenha, se curtiram comenta aqui embaixo e não esquece de compartilhar. Até mais...
Lucas F.

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu comentário