[Estranho Mundo das Séries] - American Horror Story: Muder House - Por: Lucas Ferrarezi

Uma casa antiga já é assustadora, além de sua aparência macabra, paredes descascando, mobilha cheia de pó ainda possui aqueles pisos de madeira que ranjem a cada passo que você dá, suas portas com dobradiças enferrujadas que sempre fazem barulho tenebroso... Se isso já foi o bastante para te assustar agora imagina uma casa que foi local de assassinatos, dá calafrio só de pensar, mas é essa é a história que envolve a primeira temporada de American Horror Story: Murder House.

O começo do primeiro episódio, somos transportados para 1978, onde dois pré-adolescentes gêmeos invadem a casa abandonada e começam vandalizar o local e quando estão a explorar o porão da casa, acabam sendo atacados por uma criatura sobrenatural.



Agora nos dias atuais Vivian, após uma consulta médica, retorna para sua casa e escuta barulhos na casa, como está sozinha chama a policia e decide ver de onde vêm os barulhos com uma faca. E acaba descobrindo que os barulhos são do seu marido Bem, que está traindo-a na sua própria casa, com sua aluna.
Após 6 meses do ocorrido Ben, Vivian e Violet a filha deles estão mudando de cidade, tentando recomeçar uma vida nova nessa nova cidade e na nova casa. Uma casa clássica, construída por volta de 1930, toda reformada e redecorada pelos seus antigos moradores que morreram na casa.




Eles acabam ficando na casa apesar de tudo, e tentam se adaptar à nova vida. Violet acaba se desentendendo com o pessoal da escola, por seu estilo um tanto diferente, já Vivian que está arrumando a casa do seu jeito, se depara com uma menina com síndrome de Down a observando e dizendo que ela vai morrer na casa logo em seguida a sua mãe Constance, sua nova vizinha; vem atrás da filha, e dá “boas vindas” a nova família presenteando com salvia, para ela limpar a os maus espíritos, ela parece saber muito sobre aquela casa. O Ben, como é psiquiatra começa a atender pessoas em sua casa e seu primeiro paciente Tate, um jovem que tem fantasias de matar pessoas, e parece bem afetado psicologicamente.




Com tudo isso, coisas estranhas começam a acontecer na casa: uma antiga empregada aparece na casa oferecendo seu serviços, mostrando que ela conhece aquela casa a anos, mas ela tem uma “dupla identidade” para Vivian ela é uma senhora, mas para o seu marido ela é uma jovem bastante atraente. Não param por aí os fatos estranhos, Ben começa a ter sonambulismo; as portas e armários se abrem sozinhos; a empregada fica provocando ele; um cara estanho começa a perseguir ele... Isso é só o começo, e há muito a ser revelado sobre aquela casa, uma coisa eu posso adiantar outras mortes estão por vir...

American Horror Story foi produzida/criada por Brad Falchuk e Ryan Murphy, tendo sua 1º temporada lançada em 2011. Atualmente está na sua 4º temporada, cada temporada conta com cerca de 13 episódios, com uma duração de 42 minutos cada.
Sempre quis assistir essa série, mas nunca tive tempo (e coragem kkk) de assistir, não sou muito fã de filmes/séries de terror ou suspense, ainda mais quando envolve fatos reais e espíritos. Mas meus amigos e a minha curiosidade me venceram, resolvi então assistir pra saber como seria; comecei a assistir nesse domingo e não conseguir parar mais de ver os episódios, a série é “terrivelmente” viciante, quando me dei conta já tinha terminado a primeira temporada em um único dia.

A série é uma mistura de terror, suspense, drama com temas sobrenaturais e bizarros, e nessa temporada especialmente contém muitas histórias horripilantes de fantasmas, assassinatos e mortes. Além disso, é uma série bastante forte com cenas de sexo e uma linguagem mais agressiva, não é uma série para qualquer pessoa.



Se você gostou da resenha ou vai assistir a série comenta e compartilha. 
Até a próxima pessoal, nos vemos em breve.

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu comentário