[Por trás da Poltrona] - O Homem formiga - Por: Lucas Ferrarezi

Olá pessoal do Faces, estou aqui para falar do filme que estreou semana passada: Homem-Formiga. Muitos de vocês já devem ter ouvido falar desse “pequeno” herói, ainda mais agora com o filme em cartaz. E eu não poderia deixar de assistir e resenhar sobre o filme… Então vamos lá!

O começo do filme passa na década de 80 e nos apresenta o Dr. Hank Pym, um cientista e também inventor de uma fórmula que torna possível reduzir a matéria/massa em um determinado tamanho, podendo ser aplicada em pessoas.
O plano do Pym para sua invenção são os melhores possíveis, mas ele descobre que a empresa que ele trabalha e o seu assistente Darren Cross não tem as mesmas intenções, eles tentam reproduzir a fórmula sem o seu consentimento e isso faz com que Dr. Pym interrompa seu progresso e desative as pesquisas da empresa, pois essa fórmula em mãos erradas se tornaria uma arma muito perigosa.



Já nos dias atuais a história ganha outro personagem, Scott Lang, um engenheiro elétrico, que acabou de sair da prisão por “furtar” o seu antigo chefe. Após cumprir a sua pena ele se vê pronto para uma nova oportunidade de vida, e também uma nova chance de reconquistar a confiança da sua ex-mulher e o amor da sua filha. Scott reencontra seu companheiro de cela da prisão que tenta voltar à antiga rotina dos “furtos”, mas Scott não aceita e tenta estabilizar sua vida da forma correta, trabalhando, mas isso se torna uma tarefa extremamente difícil para um ex-presidiário. 




Ao perceber que não tem como cuidar de sua filha e dar todo o apoio financeiro e atenção que ela precisa; Scott não vê outra escolha a não ser voltar a praticar suas antigas atividades na qual ele ficou conhecido. Após a informação do seu amigo sobre uma grande fortuna, que mudaria a vida de todos e seria o seu ultimo “furto”, Scott não tem escolha e decide então prosseguir com o plano, invadindo a casa com ajuda dos seus amigos e sem muita dificuldade ele se livra de um cofre antigo do porão, mas não encontra nenhum ouro, joias ou dinheiro lá dentro, a única coisa que ele encontra é um traje estranho, e ele não iria sair daquele lugar de mãos vazias... O que ele não imaginava era como aquele traje iria transformar a sua vida.



Depois de ter prometido que não roubaria mais nada e tentaria uma vida nova, se vê voltando a sua velha rotina com um traje extremamente esquisito; curioso para saber o que aquilo faz, ele decide experimentar e acaba descobrindo que aquele traje não é uma “roupa” comum, e quando Scott descobre isso já é tarde demais, pois agora ele foi reduzido ao tamanho de um inseto e tudo se torna difícil e perigoso e o mais estranho de tudo é que uma voz se comunica com ele pela roupa. Desorientado e com medo ele “devolve” o traje para o seu dono, mas seu dono não é qualquer pessoa, ele é o Dr. Pym.



Com isso, Scott acaba sendo preso novamente e agora sem nenhuma chance de voltar a ver sua filha, Dr. Pym tem planos para ele... Scott é a pessoa ideal para se tornar o Homem-Formiga!



Novamente a humanidade corre perigo, pois a fórmula do Dr. Pym foi descoberta pelo seu antigo assiste Darren Cross, que pretende vendê-la para a HYDRA, uma organização criminosa. Agora Scott tem que aprender a utilizar o traje e a controlar os insetos e as formigas para ajudar nessa nova missão, que é “furtar” a fórmula e destruir todos os registros do Darren Cross, plano esse que não vai ser assim tão fácil, pois Cross construiu também um traje, chamado Jaqueta Amarela, uma armadura combinada com armas. Caso ele não consiga essa “arma” ela cairá em mãos erradas junto com a fórmula... Cabe a Scott invadir o prédio da empresa, mas muitas coisas ainda podem acontecer, os planos podem dar errado, tudo depende dele..
.


A cada filme que passa a Marvel se supera, surpreendendo com a inserção de novos personagens assim como o Homem-Formiga, um personagem importante no universo da Marvel. Esse filme conseguiu aliar comédia e ação em um só filme, além de ser eletrizante e envolvente, te deixa surpreso e ao mesmo tempo faz você rir muito, utilizando cenas de humor em praticamente a maioria das cenas. É uma ótima opção para quem gosta de filmes de ação assim como Vingadores: Era de Ultron (já resenhado aqui no blog) e pra quem nunca assistiu também recomendo, pois é um filme independente e com a sua própria historia.
Espero que tenham gostado da resenha, se gostou comente e compartilhe com os amigos!!!




PS: Esse filme possui duas cenas pós-créditos, por isso não saia da sala de cinema, até descobrir quais são. Até a próxima resenha.

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu comentário