SEMANA VIOLETAS AO VENTO - JÉSSICA ANITTELI (PSEUDÔNIMO - JÉSSICA DE PAULA) - PARTE 1

Oi lindos, espero que já estejam com saudades, é que mudei de casa, então imaginem a correria pra organizar tudo, mais para alegria de vocês e minha própria alegria estou de volta \o/.

Lembrando que essa semana teremos a estreia das resenhas da Claudia Ferreira - espero que todos estejam ansiosos assim como eu estou ^.^.

To aqui, pra lhes trazer uma belíssima novidade da autora Jéssica Anitelli (já entrevistada aqui no blog), que me convidou para participar da Semana Violetas ao Vento, em prol de divulgar seu mais novo trabalho que será postado no Wattpad, sendo dois capítulos por semana, e pela primeira vez, a autora está usando seu pseudônimo Paula.














E nada melhor que trazer as palavras da própria autora para saber um pouquinho mais da história e da construção deste que parece ser mais um livro maravilhoso da autora: (Clique aqui para ler o Livro):



Violetas ao Vento... Esse título soou tão bonito que não acreditei quando ele me veio à mente. E, por incrível que pareça, não foi o primeiro.
Violeta, nossa protagonista, é uma garota de 17 anos. Quando fui escolher o nome dela, entrei naqueles sites de nomes de bebês e comecei pela letra A. Aí meu marido comentou que tenho muitas personagens com nomes com letras do começo do alfabeto.


Eu: “imagina, nem tenho”.
Ele: “tem sim”.
Eu: “vamos ver então... Augusto, Aline, Diogo, Alexandre... (aí eu comecei a murchar), Enzo, Clara, Beatriz, Fábio... tá, tenho mesmo”.
Logo após isso, saí da letra A e fui para a letra V. Violeta saltou aos meus olhos, e eu sorri, sabendo que aquele seria o nome dela.
Como é também um nome de flor, optei por colocar Narciso como nome do irmão dela. Assim ficou os dois com nomes de flores ^^
Com o nome da protagonista escolhido, a busca pelo título começou. A história da Violeta é ambientada em Santos, litoral de São Paulo. A ideia inicial era que a praia tivesse uma grande importância para o enredo e, por isso, pensei em algo como “Além do azul do mar”. Contudo, durante a escrita, a praia foi se tornando algo secundário, sendo o vendo mais importante; era ele que secava as lágrimas da Violeta.
Dessa forma, mudei para “Vento no litoral”, tanto por causa da palavra “vento” no título quanto pela música do Legião Urbana. Este título permaneceu por longos meses, foi até para a revisão assim. No entanto, em um belo dia, uma autora nacional subiu na Amazon um livro com o mesmo nome. Eu quis morrer, sério!
Fiquei indignada, desolada, inconformada!
Após dias refletindo sobre o ocorrido, decidi que mudaria sim o título, mas ainda não tinha nada em mente. E em um belo dia (mais um), enquanto eu estava na cozinha fazendo sabe-se lá o que, o título simplesmente surgiu na minha mente. Foi tipo um plim! e pronto, lá estava ele bonitão dizendo oi e acenando para mim. Eu falei: “não é que você combina?”
Este título remete às várias fases da Violeta, por isso é no plural. Ela vai mudando e amadurecendo ao decorrer da narrativa. E o vento sempre traz coisas para ela, pode ser uma sensação boa ou o simples fato de secar suas lágrimas.






“Fechei os olhos e respirei fundo, inalando o maravilhoso cheiro do mar que o vento trazia, como se ele fosse capaz de levar tudo embora, todo aquele sofrimento. Na verdade, acho que realizava esse milagre.”







Bom, por hoje é isso gente!!!
 E ai o que acharam?! Parece que vai ser um livro fantástico não é?!
Até Amanhã!!!

4 comentários :

  1. Olá, Grazi. Obrigada pela divulgação <3

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra mim é um prazer imenso!!!
      Portanto, eu quem devo lhe agradecer pela oportunidade!

      Excluir
  2. Ansiosa pra ler esse livro !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lorena (Mana de coração), o primeiro capítulo já está disponível lá no Wattpad.

      Excluir

Deixe seu comentário