[Resenhas] - Baroak a estrela - Cris Motta

Oi gente, olha eu aqui de volta.


Hoje trago a resenha de um livro que apesar de infanto-juvenil, traz uma história muito interessante e instigante, afinal, mesmo os livros "místicos" estando super em alta, não vemos com frequência livros falando de Gênios, aliás, pra mim é a primeira leitura nessa temática e assim como os outros tantos, esse é mais um que me instigou a ficar ansiosa para o próximo volume.
Fato muito interessante também é que no livro a autora mistura magia com boa ação e benfeitoria, algo que eu amo ainda mais que os seres mágicos.




Baroak a estrela (Cris Motta) traz a história de Beatriz Comarim uma jovem comum, cheia de conflitos pessoais que por conta das chacotas e exclusões cometidas à ela na escola, se sente excluída e "diferente".
Só que diferente de muitas jovens que tem seus diários, um(a) amigo(a) íntimo(a), ou até mesmo algum parente pra desabafar, ela tem as estrelas como suas confidentes, só que o que ela não imaginava é que as estrelas poderiam ser as causadoras de uma mudança espetacular em sua vida.
Além das estrelas, ela tinha uma "paixão" por Rodrigo, que lhe fazia se sentir bem quando ao lado dele, mesmo que de início demonstrasse sentimento apenas de amizade e proteção.
Seus pais eram protetores ao extremo, e a tinham como uma criança, fato este que a fazia ser uma pessoa totalmente "brega" perante as colegas e rivais da escola.




Sua vida muda totalmente quando sua família tem de mudar para Arábia devido ao trabalho de seu pai, local onde em uma feirinha, antes de retornar ao Brasil, resolve parar e comprar algumas lembrancinhas.
Beatriz se encanta por um objeto no formato de estrela com franjas douradas, que o fazem ser diferencial e chamar a atenção da garota, tentando-a a abri-lo, até que a mercadora lhe informa que deverá abrir somente quando for extremamente necessário.

E no primeiro momento em que ela achou necessário, resolve abrir o pote pra ver qual o segredo que ali estava guardado, e para sua surpresa, ganhou mais do que as estrelas podiam lhe dar, ganhou uma "... amiga com dons especiais..." uma djinn (para quem não conhece - uma gênia) de nome Clair Baroak, que veio em prol de ajudá-la a descobrir a si mesma.

A partir de então, ela passa a se envolver cada vez mais com o mundo místico, seja através de sonhos ou mesmo realidade, se envolve de maneira a mudar sua vida, seus gostos e até mesmo o destino de sua vida:

"... você tem alguma ligação com o mundo místico... quer conhecer a morada dos djinns?"

Tais descobertas mostraram a ela o que é realmente verdadeiro, ou nem tanto assim.

É um livro cheio de explicações sobre os seres fantásticos, o que muito me agradou,e fez com que eu pesquisasse ainda mais sobre alguns mencionados no livro que eu não conhecia (ponto para a autora).

"... Todos esses mágicos seres, são espíritos da natureza..."
Outra coisa muito legal na obra é a autora fazer a personagem viajar para vários lugares diferentes
por intermédio de um concurso na escola em que ela estuda, nos fazendo imaginar como seria estar nos lugares citados por ela, como a Catedral Metropolitana de Santiago e Vinã Del Mar (Chile), Arco do Triunfo, Catedral de Notre Dame,Torre Eiffel (Paris - França) e diversos outros, que pesquisei e vi que são encantadores (normalmente faço uma pesquisa pra ver por onde o-a personagem percorreu na história, e é muito enriquecedor).
Algo que me encantou ainda mais nessas "viagens" foi quando ela viaja para o mundo dos djinns e ganha um quarto de acordo com o que tem em seu coração, e quando está triste o quarto usa esses mesmo sentimentos pra alegrá-la (quero ter essa experiência ^.~), além é claro dos vôos nos tapetes mágicos com Pietroh (irmão de Clair Baroak) que também tem papel importante na história, que não vou falar aqui pra não for estragar a leitura de vocês, por que eu acredito piamente que vocês irão ficar com muitaaa vontade de ler esse livro após terminar de ler essa resenha.
Afinal, de um mundo a outro, de um ser a outro, Beatriz Comarim mostra que quando acreditamos em algo, devemos lutar até o fim, mesmo que para isso tenhamos de percorrer outras dimensões.
Para saber mais da obra - clique aqui
Espero que tenham gostado! E que encontrem um pote de estrelas por ai, e o seu djinn te traga muitas coisas boas!

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu comentário