As batidas perdidas do coração - Bianca Briones

Muitos já devem ter lido As batidas perdidas do coração da Bianca Briones e os que ainda não leram deveriam ler, afinal não é sempre que temos a oportunidade de "vivenciar" a história de dois jovens totalmente "opostos" capazes de mostrar que toda diferença pode ser rompida através do amor e da morte.

Viviane após a morte de seu pai, se vê diante de uma situação pra lá de delicada, afinal, ter sua mãe com depressão e seu irmão mais novo precisando de seus cuidados não é de nem de longe a melhor das situações. Só que o que ela não espera é encontrar Rafael um jovem que também é obrigado a sentir a dor da morte, já que teve seu pai assassinado e agora sua irmã levada pela morte, devido à um acidente de carro.
A morte é a única coisa que ambos tem em comum, afinal, são de classes sociais diferentes, tem histórias de vidas diferentes, mais guardam no coração algo em comum, que pode torná-los tão próximos e conexos, além até daquilo que suas famílias e amigos imaginam.

Novamente venho aqui pra dizer que a literatura brasileira vem me impressionando cada vez mais, e agradecer aos autores maravilhosos por nos possibilitar encontrar tanta riqueza em algo que é nosso.

Quanto ao livro, sinceramente, passaria o dia todo aqui falando da amplitude de coisas boas que adquiri ao lê-lo, já que és um livro maravilhosamente perfeito em todos os seus aspectos.
Tem uma capa linda, fato esse que me chamou a atenção de ler; A autora teve uma sacada maravilhosa em colocar em cada capítulo e no decorrer da história trechos de música, muito pertinentes à história, mesmo de grande maioria se tratar de música internacional, ela teve a preocupação de traduzir o trecho da música, mostrando ao leitor que realmente tinha a ver com o que estava sendo narrado; Adorei a ideia de ter os capítulos intercalados, narrados ora por Viviane ora por Rafael.

"... Uma montanha russa de emoções que ora nos acarícia com a delicadeza de Viviane, ora nos joga na parede com a pegada forte de Rafa..." (Lívia Martins, do blog Leiturinhas).

É fascinante a maneira que a autora mostra a dor da morte, e como ela deve ser levada, afinal esse será o fim de todos nós, mesmo que não à aceitemos. 

"... Fui me enterrado aos poucos, com cada um deles... Durante muito tempo, chorar é tudo o que faço... Dizem que, quando estamos prestes a morrer, a vida passa como um filme em nossa cabeça..."

Além da morte, a autora trata a questão do amor verdadeiro de maneira tão gostosa, que o leitor acaba vivenciando cada batida perdida do coração de Vivi e Rafa.

"... quando descobrimos que estamos apaixonados, o coração fica tão assustado que pula um batimento, como se estivesse se preparando para... "as batidas perdidas do coração"... até encontrar no peito de outra pessoa...".

Para que a história de Vivi e Rafa seja completa, a autora construiu personagens "secundários" se é que podemos lhes chamar assim, já que todos são de mera importância pra história tanto quando os dois principais, o leitor acaba se apaixonando por cada um deles, de maneira natural.
Outro aspecto muito interessante e que torna ainda melhor a história é a questão das drogas, já que Rafael é usuário de drogas e é obrigado a enfrentar essa "doença" como fuga da dor causada pela vida, ou pela morte, como diz o avô de Vivi a vida resolveu bater bastante em Rafa.

"...a vida bate em você... a vida nunca bate mais do que podemos aguentar, e você é mais forte do que imagina..."

Como já dito anteriormente, passaria muito tempo aqui falando desse espetáculo de livro, mais quero que os que não leram tenham o prazer de descobrir essa história maravilhosa em cada página do livro,

Seria injusto não colocar nenhuma das músicas que a autora teve o cuidado de escolher e traduzir, de acordo com o capítulo e o momento da história, portanto, deixo aqui uma das músicas que para mim, foi uma das que mais marcaram a história, num contexto geral.


Mais uma coisa (eu juro que a última rsrsrs) - com esse livro, novamente vi que o amor tudo supera e tudo enfrenta. Beijos e até a próxima resenha!!!

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu comentário