A esperança - Suzanne Collins

"A guerra é mais voraz Do que qualquer jogo.
Haverá vencedor na luta Contra a Capital?"

Será que ainda existe o distrito 12, resta saber o que ainda existe e quem sobreviveu. 
O terceiro e último livro da trilogia Jogos Vorazes é tão bom quanto os anteriores, apresenta novamente a crítica de uma sociedade manipulada e induzida a seguir princípios que talvez não sejam os que de fato eles acreditam.
No entanto, nesse volume, a autora apresenta uma sociedade ainda mais empenhada em derrubar o governo e a capital.




Katniss a garota em chamas decide lutar por toda uma sociedade, mais o que não espera é ter de lutar ainda mais, afinal, ela sofre algumas perdas no decorrer da história que fazem-na querer lutar até o fim, nem que para isso tenha que se tornar o tordo.

"Katniss Everdeen, a garota em chamas, você acendeu uma fagulha que, se não for contida, pode crescer e se transformar num inferno que destruirá Panem!"


Estar na arena novamente é ter de lembrar não do medo da morte, mais sim de ter de assassinar pessoas inocentes.
É chegada a hora de ver quem tem mais poder, quem Katniss irá escolher para sua vida e seu coração.

"Não seja boba, Katniss, pense por você mesma. Eles transformaram você numa arma que pode ser instrumento de destruição da humanidade. Se você possui alguma influência real, use-a para frear essa coisa. Use-a para parar a guerra antes que seja tarde demais...".
Só, que o que ela não esperava é que ser o Tordo acarretaria em ter de perder coisas preciosas em sua vida, tornando-a mais vazia e cinzenta.

"... nas manhãs desagradáveis, é impossível sentir prazer em qualquer coisa que seja, porque temo que essa coisa me possa ser tirada. É quando faço uma lista em minha cabeça com todos os atos de bondade que vi alguém realizando. É como um jogo. Repetitivo. Até um pouco entediante após mais de vinte anos. Mas há jogos muito piores do que esse".

Diante a uma bela escrita, cabe a nós analisarmos como estamos agindo enquanto cidadãos, estamos fazendo nosso papel dentre desse jogo que somos submetidos todos os dias ao acordarmos!?

2 comentários :

  1. Já li e chorei muito kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marta também chorei com o final do livro.
      É realmente emocionante e reflexivo!

      Excluir

Deixe seu comentário