Maze Runner - James Dashner - Por: Lucas Ferrarezi

Já sonhou algo estranho? Como acordar em um lugar diferente, completamente esquisito da sua realidade.
Então imagina acordar num elevador de carga escuro em alta velocidade, com barulhos estranhos, e pior sem saber de nada, onde você está, quem é você... a coisa mais simples, o seu nome... Bom isso não é um sonho para Thomas...
Foi isso que aconteceu com ele, foi largado em “caixa” e submerso num lugar completamente diferente, com garotos mais velhos e mais novos que ele, Essas pessoas chamam esse lugar de Clareira, e se intitulam de Clareanos, nesse lugar, eles buscam fazer cada um sua própria atividade para beneficiar a todos, trabalhando todos em conjunto.


Aos poucos Thomas vai lembrando das coisas, como seu nome e algumas lembranças do passado, muito vagas e praticamente inexistentes, como se o passado dele não existisse, nem seus pais, família, amigos... nada!

Thomas tenta conhecer melhor o lugar que foi confinado a viver, com a ajuda de Newt e Chuck que o ajudam a fazer as funções, mas nada que ele faz o agrada... é então que ele descobre o labirinto.
Todo dia de manha o labirinto é aberto aos “Corredores”, ele percorre todos os dias o lugar para memorizar e mapiar o labirinto, retornando antes do anoitecer pois é quando os portões se fecham e os Verdugos – criaturas nojentas e asquerosas, metade animas, um tipo estranho de lesma, que foi geneticamente modificada, com pedaços robóticos, como agarras, patas e ferroes – são soltos.



Thomas percebe que ele pode fazer isso, é como se ele já tivesse visto aquilo. Mas logo descobre que não é qualquer um que pode ser um Corredor, tem todo um treinamento antes, sem desanimar ele segue com os treinos, com orientações do Minho, um Corredor veterano.

Quando tudo parece se normalizar, algo incomum acontece, a Caixa está de volta, sendo que ela tem um período certo para regressar com suprimentos e novos integrantes, só que dessa vez ela veio antes da hora. Para todos isso é completamente novo e confuso... assim que a Caixa se abre, todos são surpreendidos, pelo fato de que não é um garoto que está na caixa e sim uma garota...  que ao acordar e antes de desmaiar novamente, sussurra um nome... Thomas...
Ele nem imagina o que o espera, o que tem por trás da dessa garota estranha... o que realmente tem por trás do labirinto... são tantas perguntas...

Descobri esse livro bem antes de lançar o filme, e logo depois comprei ele, só que acabei deixando ele na estante e lendo outros livros, quando chegou a vez dele faltava uma semana para a estreia do filme (odeio assistir o filme e depois ler, acho estranho, não consigo tirar a versão do filme da cabeça...), então comecei a ler achando que não iria conseguir terminar antes da estreia do filme, mas eu fui mais rápido do que eu imaginava, em menos de 5 dias li o primeiro livro todo. 
Não foi por presa, mas sim por curiosidade, empolgação é isso que o livro desperta em você, James Dashner conseguiu transmitir um incrível suspense em seus livros, pois ele revela fragmentos da histórias aos poucos, e quanto mais você se aprofunda nela, mas coisas são reveladas e mais segredos são deixados a encargo do leitor descobrir. E se você pensa que no final do livro ele vai revelar o que está acontecendo, você está muito enganado... ele te fez querer “devorar” todos os outros livros dele, que foi o que aconteceu no meu caso.
Esse foi um dos livros que me prendeu do começo ao fim, que me fazia ficar pensando na história, querendo descobrir o que iria acontecer. Eu realmente fiquei surpreso com final desse livro, eu desconfiava de algumas coisas, mas mesmo assim fui surpreendido. Eu recomendo a todos que leiam os livros, porque vocês não vão conseguir parar no primeiro, eu garanto!

Esse é o livro da semana espero que vocês gostem, semana que vem têm mais resenha. Até mais!


3 comentários :

  1. Eu ja estava louca pra ler esse livro, depois dessa resenha vou correndo comprar rsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marta realmente as resenhas do Lucas dão motivação total para as distopias.
      Obrigada pela visita!

      Excluir
    2. Maria Carolina, fico muito feliz que você tenha gostado! Eu recomendo muito os livros porque são ótimos, mas vou avisando você vai querer ler todos de uma só vez... Boa leitura

      Excluir

Deixe seu comentário