Bruxos e Bruxas - James Patterson - Por: Lucas Ferrarezi

James Patterson um grande escritor de vários best-sellers, sendo eles de diversos segmentos tanto romances, como suspenses e até policial, escrito também por Gabrielle Charbonnet. Mas essa é uma nova vertente para ele, a distopia, se tornando um grande fenômeno entre os jovens e adultos do mundo todo.
[O livro] Imagina você acordar no meio da noite, sendo brutalmente retirado da cama por soldados que afirmam que você pratica bruxaria, sendo intitulado de Bruxo, ou Bruxa, como você iria reagir?
Foi isso que aconteceu como os irmãos Wisteria e Whitford Allgood, apesar de seus nomes estranhos, eles são dois adolescentes comuns, que frequentavam o colégio e tinham uma vida normal, até que uma noite eles acordam com o barulho de pessoas invadindo a sua casa, na verdade soldados, assustados sem saber o que está acontecendo e anestesiados com o ocorrido são arrastado para fora dos seus quartos, à única explicação que eles recebem é que estão sendo presos por serem bruxos, os dois.
Sem saber o que está acontecendo, tentam buscar ajuda com os seus pais, que estão muito abalados e sem saber o que podem fazer, lhe entregam para a Wisty uma baqueta, e para o Whit um diário.
Eles ficam confusos e são retirados de casa e jogados em um caminhão como dois criminosos. Mas ainda muita coisa estará por vir, eles vão descobrir que o governo caiu e quem assume o controle é a N.O (Nova Ordem) e o responsável por isso tudo é o Único que é único, o novo líder o “único”.
O livro é narrado tanto pela Wisty (uma adolescente rebelde de 15 anos, não é uma boa aluna e muito menos disciplinada) quanto pelo Whit (irmão mais velho, popular na escola e capitão do time de basquete da escola) isso te da à visão dos dois personagens da história, no começou eu achei meio estranho ter dois narradores, com opiniões diferentes visões diferentes, mas ao longo do livro, você acaba acostumando, e nem precisa ler quem é o narrador para identificar. 
O livro retrata muito bem uma distopia da nova ditadura regida por uma pessoa tão cruel e impiedosa, que retira a liberdade de expressão, internet, livros, filmes, música nenhuma forma de se expressar tendo que seguir as regras impostas pelo Único.
E todas as crianças e adolescente até os 18 anos são suspeitas de bruxaria, sendo retiradas de suas famílias e aprisionadas em um “clinica de reabilitação” onde são torturados, mas algo está por vir...
Um ótimo livros pra que gosta de aventura, suspense e muito ação, esse é primeiro livro de mais 4 três já lançados e o ultimo ainda sem previsão, vale muito a pena acompanhar os irmãos Allgood.
Esse é o livro da semana, se gostou e quem já leu comenta aqui, até semana que vem!

6 comentários :

  1. Olá Lucas! eu sou bem louca para ler essa série, ela tem uma temática que gosto muito de ler. Ainda não tinha nenhuma resenha dele, apesar de o ter visto várias vezes pela rede social. Sua resenha, apesar de muito rápida, deu para pegar bem como será o livro, e a N.O. Com certeza irei ler a série, ainda não sei quando, mas que vou ler; ahhhhhhhhhhhhhhhhh vou.
    Eykler
    www.amorascompimenta.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eykler, o Lucas é especialista em distopias rsrsrs!!!
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  2. Oi. Eu já tinha visto esse livro, mas só agora percebi que ele é do James Patterson hahahaha, eu jurava que o autor só escrevia suspense, me surpreendeu com essa nova premissa. Eu gosto muito de distopias, só fico com receio por ser um livro com o tema bruxaria, depois de Harry Potter não tive mas nenhum contato com esse tipo de enredo. Mas em uma oprtunidade eu leria sim. Ótima resenha. :)

    Beijo.
    http://www.tendadoslivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daiana, obrigada pelo comentário flor!
      Volte sempre!

      Excluir
  3. Nss, eu achei q eu n amaria mas nd depois de Percy Jackson, mas segundo essa resenha.. OMG parece mto Uou msm

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário