Natasha - Flávia Andrade


A obra por si só, de início me deixou um pouco com sentimento de depressão, amargura, no entanto com  o decorrer da história fui entendendo o porque da obra ser assim e passei a apreciar tal livro.

"... Adianto-lhe que se prepare para encarar a poetização estonteante amável da dor. Tal poetização é tão minuciosa que a dor penetra sem convite e se instala sem permissão..." (Editora Deuses)


Narrada por Paulo Jacu de apelido PJ, que procura a todo custo narrar e eternizar seu amor por Natasha vivido em várias estações do ano.




Fato ao qual cada capítulo do livro refere-se a uma estação do ano, ilustrado de maneira super agradável e bonita.


Ele narra sua história com detalhes tão minuciosos, que parece que quem lê acaba sentindo a dor que ele sente. Afinal, um amor a primeira vista pode ser ao mesmo tempo prazeroso e dolorido, assim como as estações.

Natasha assim é, como as estações num momento ardente como um dia de verão, no outro fria como uma noite de inverno. 
"... eu lhe perguntei qual era sua flor favorita. Natasha me respondeu que amava o jardim, o conjunto, a colocação de espécies uma rente a outra, aquilo que lhe fazia pulsar o coração..."
Por diversas vezes é possível sentir o que Paulo Jacu está sentindo, como se o coração apertasse e a angústia como daquelas que prendem um nó na garganta firmasse em nós.
"... Você não sabe mais sentir a poesia disso tudo, só reclama, mas não fecha os olhos pra ver essa sintonia... você é observador de paisagens e momentos. Eu sou a pessoa que faz a imagem acontecer..."

8 comentários :

  1. Muito obrigada por ceder espaço ao livro no blog, estou muito feliz por ter apreciado a leitura! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quem agradeço pela oportunidade de ler um pouquinho de seus pensamentos!!!
      Grata também pela parceria!!!

      Excluir
  2. Oi,
    Fiquei sabendo desse livro pela minha amiga, já que ele é inspirado na Natasha do Capital Inicial hahaha.
    Desde aquele momento fiquei com vontade de ler e aos poucos pude perceber o quanto a escrita da autora é tocante e bonita *-*
    Beijo.
    Choque Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário flor!!!
      Grande comentário, pra ser sincera não sabia dessa parte de Natasha ser inspirada na música do Capital, mais adorei saber!!!
      Seguirei - segue de volta!

      Excluir
  3. Oi, pela sua resenha parece ser um livro mt bom acho que eu iria gostar vou procura pra ver se encontro
    Abraços

    litaralmentelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arthur obrigada pelo comentário.

      Excluir
  4. Vou ser sincera ainda nao tinha ouvido falar do livro.
    Fiquei um pouco em duvida se o livro é uma historia ou de repente um conto ou cronica.
    Mas mesmo assim ficou interessante a forma que colocou...
    Obrigada!

    Viviana

    www.devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade é um conto, bem poético.
      Vale a pena ler o livro, Se quiser participar do Book Tour que vou fazer com esse livro me contate!!!

      Excluir

Deixe seu comentário