Cartas não enviadas - Jorcelei Santos

Quando escolhi esse livro pra ler, foi a partir de sua capa, que me instigou muito, e não me arrependi já que a obra é maravilhosa.



Pedro (personagem principal) participa de um projeto médico não realizado em humanos, só que o que ele não imagina é que algo daria errado, fazendo-o entrar em coma, e nesse processo, acaba passando por situações estranhas e desconhecidas pra ele, fazendo-o misturar o que realmente viveu com os acontecimentos da experiência meio que sobrenatural.
Com amigos (Gisele e Gustavo - irmãos) que parecem irmãos, ele percebe no decorrer da obra que a todo e qualquer momento pode ser surpreendido.
"Anjos existem? É possível que existam seres a nos rodear de modo sobrenatural? O amor tem força suficiente para nos libertar do medo? 
Esta trama, contado em primeira pessoa, conduzirá o leitor por caminhos misteriosos, onde bem e mal se confrontam; medo, dúvida e preconceitos tentarão apagar sentimentos que levarão a um final surpreendente." (METANÓIA EDITORA)
 O livro traz cartas lindas e o mais fascinante de tudo isso, é que são cópias idênticas das cartas, mostrando até a letra, o papel que foi escrito e suas peculiaridades, como por exemplo: o papel amassado, desenhos e etc. Esse é um livro, o qual é possível realizar uma leitura comum, ou se quiser usar como uma leitura esporádica, abrir em uma das cartas e receber mensagens lindas e motivadoras para o dia a dia.
São tantas a mensagens que recebi ao ler esse livro, que passaria a tarde toda aqui escrevendo-as, recomendo que leia e veja cada uma das mensagens que são trazidas na obra.


Pedro passa por situações sobrenaturais, que os faz perceber que só o amor é capaz de romper qualquer barreira, e que o amor é possível independente de qualquer coisa.

O autor escreve de forma a fazer o leitor pensar que Pedro (personagem principal) vai ficar com uma pessoa e no final fica com outra totalmente diferente do que o leitor pensa.

Me emocionei a cada parte do livro, mais o final foi como se diz "a cereja do bolo..", afinal é possível ver que quando existem amigos em nossas vidas podemos ser surpreendidos e podemos contar com eles, afinal não deve ser fácil, passar por uma experiência que o deixa cego e traz experiências que não sabe ao certo se passou ou não.
Além disso, o autor soube escrever de uma forma que faz pensarmos que o final será dado de uma maneira e é dado de outra melhor ainda.

Gostaria demais de falar mais sobre a obra, mais como no livro...

"Se eu falar terei que..."

Para finalizar deixo aqui um dos trechos que me emocionaram demais para instiga-los a ler a obra magnifica de Jorcelei Santos.




"... Não decidimos quem irá proteger, até o dia em que dizemos sim para o impossível e para o amor incondicional... Agora os dois homens irão se casar, os dois anjos da guarda de alguém... partilhe perfeição e tenha sempre por perto quantos anjos da guarda você quiser..."



5 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Ei, mocinha... Espera aí, é do meu livro que você está falando?
    Você precisa ter calma com as palavras que você usa, sabia que tem escritores que não tem mais idade para Fortes Emoções? (risos)
    É incrível como uma simples "Brincadeira de Palavras" podem ser divididas em Capítulos, se transformar em um livro e tocar positiva ou negativamente a vida das pessoas.
    Estou muito feliz com a sua Resenha. E se depender de mim, ainda vou te dar muito Tra-ba-lho. (risos)
    A sua ideia de fazer um Blog desse gênero foi Brilhante.
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jorcelei, confesso que levei um susto quando comecei a ler seu comentário "rs"...
      Mais quero lhe agradecer pelo imenso prazer que tive e senti em cada página de seu livro ^.^ - e te agradecer mais uma vez pelo comentário... isso enobrece ainda mais minhas resenhas.

      Excluir
  3. Olá, tudo bem??
    Menina do céu... eu fiquei muuito curiosa com a premissa deste livro desde que vi a capa dele, que realmente é muito instigante, pelo enredo que você apresentou, foge um pouco do que costumo ler, mas quero, porque fiquei super curiosa sobre as coisas que o Pedro vivenciou. Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Di, que bom gostou da premissa do livro amoreca.
      Assim que ler, volte e conte o que achou amore!
      Beijokas!

      Excluir

Deixe seu comentário