Bienal do Livro: entre amigos, parceiros, leitores e blogueiros

Galera, como não pude ir no segundo final de semana na Bienal do Livro SP, procurei entre os leitores do Blog alguém que tenha ido para deixar suas percepções aqui pra gente.

Claudia Ferreira, 17 anos, leitora do blog e amante de livros, foi a escolhida para dar suas percepções quanto a esse evento acompanhado por vários amantes de livros e leitura.


Começo esse texto dizendo que nada como um bom livro para nos levar para onde quisermos sem ser preciso sair de casa. Imaginar, conforme as características dadas no livro, como seria seu personagem favorito, e o cenário, onde passa a maior parte da história, é algo único. 

Para leitores fanáticos, como eu, não existe nada melhor. Comprar um livro novo, aumentar sua coleção e sentir o cheirinho das páginas que mal foram abertas, não é muito fácil de conseguir. Há não ser pela internet, ou em sebos de livros, as livrarias não nos proporcionam muitas opções de preços. Uma solução? 

A Bienal do Livro de São Paulo!

A Bienal do Livro é um evento cultural, que reúne várias editoras brasileiras e estrangeiras para apresentar lançamentos e títulos entre outras coisas muito legais. Ocorre a cada dois anos, por isso durante todo esse período, o pavilhão da Bienal recebe muitas pessoas, de diversas cidades.

            Esse ano fui em dois dias. No primeiro e no último final de semana. 

Comprei sete livros por 150 reais (foto abaixo) e tive o privilégio de ver o Ziraldo de perto. Criador do Menino Maluquinho.



Entre outros escritores e cartunistas, também apareceram por lá: Thalita Rebouças (Fala Sério, mãe!), Mauricio de Sousa (Turma da Mônica), Paula Pimenta (Fazendo Meu Filme), Bruna Vieira (Depois dos Quinze), Cassandra Clare (Cidade dos Ossos), Lucinda Riley (A Casa das Orquídeas) e muitos outros!


Mas é claro que nem tudo é perfeito, e por experiência própria, ai vão algumas dicas para você que se interessou, nunca foi, e pretende ir em 2016:

: Compre o ingresso antes, se não, se prepare para ficar na fila por duas horas! Essa dica também serve para sessão de autógrafos e fotos com o seu escritor favorito.

: Leve garrafinha d’água e alguma coisa para comer depois. As filas para as lanchonetes e barraquinhas são enormes e os preços das coisas são um pouco caras.

: Mochilas e malas serão sempre bem-vindas. Você pode chegar com as mãos abanando, mas com certeza sairá de lá com elas cheias!

: Esteja preparado para andar bastante! O pavilhão é enorme e sempre terá estandes para você conhecer e se esbaldar!

: Pesquise bastante. A variedade de livros é enorme! E os preços também.

Seguindo todas essas dicas, tenho certeza que você se divertirá bastante, como eu me diverti. Oportunidade como essa não ocorre o tempo todo (só a cada dois anos). Por isso aproveite, tire fotos e compre livros! Não há limites para ler!



6 comentários :

  1. Grazi, MUITO OBRIGADA pela oportunidade! Espero que os seus leitores gostem e continuem acompanhando o blog, que é incrível! Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudia eu que agradeço pela oportunidade de ter um texto seu por aqui... poder prestigiar o que os leitores fazem e vivem é muito gostoso pra mim...

      Excluir
  2. Juliana3:08 PM

    Puxa.. aguçou minha vontade de conhecer a Bienal hein? Acredita que nunca fui? Parabéns pelo texto Claudinha.. objetivo e informativo. Gostei do estilo de escrita! :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juliana, convido-a à seguir o Faces de Uma Capa e prestigiar cada um dos textos, resenhas e entrevistas.

      Excluir
  3. Realmente essas dicas são muito importantes. Se eu as tivesse seguido, com certeza teria aproveitado mais. Parabéns pelo texto maninha. Ficou muito lindo. Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kah obrigada por comentar e principalmente por me indicar a fofa de sua irmã...

      Excluir

Deixe seu comentário