[Diário da Grazi] - Abril

Oie amorecos, tudo bem com vocês?!

E hoje trago mais uma edição do Diário da Grazi (Abril), pra vocês que acompanhem todas as belezinhas novas da minha estante.

Esse mês só tenho a agradecer, afinal, foi uma delícia - mês de aniversário sempre somos surpreendidos com muitos mimos né, e comigo não foi diferente - e eu amo, desde os mais simples até os mais elaborados. Agradeço a cada um que lembrou e me mandou mensagens super fofas.
Então vamos lá, começando pelas pendências:

Ainda vou resenhas o livro do Walt Disney (A magia do império da Disney - Ginha Nader, da Editora Senac) é que estou esperando algumas coisas porque como já mencionei, tenho algumas surpresas nessa resenha procês'.

Agora vamos aos novos da minha estante:























A série A Garota do Calendário, AudreyCarlan da Verus Editora já ganhou mais alguns volumes aqui na estante de casa (Fevereiro a Maio) – estou mega feliz e muito ansiosa pra ler, já que comecei a ler em e-book, mas gostei tanto das primeiras páginas que resolvi que quero ler o livro físico. Pra que entendam raros são os livros que leio em e-book, tenho certa dificuldade e quando são livros que eu sei que vou gostar muito e querer deixar na estante, acabo querendo o físico.























Chegaram pelo correio as belezuras que já estavam na minha lista do Skoob, Pérolas da minha surdezNuccia de Cicco, da Editora wwLivros e o livro Um dia na vida de um blog literário, também da Editora Illuminare, que é um livro que reúne contos de vários blogueiros literários sobre como é ser blogueiro (em breve resenha dos dois que já li e amei) ambos a Nuccia (que agora é parceira do blog) quem mandou, com vários mimos super fofos que eu ameiiiii.






















Ganhei de aniversário também os livros Minha Julieta - Leysa Rayven, da Editora Globo Alt (aceitando Meu Romeu de presente ^.^), Cadu e Mari A.C. Meyer, da Editora Galera, ambos estavam em minha lista de desejos no Skoob e ganhei de uma amiga - AMO!!

Além disso, chegaram mais algumas belezuras  por aqui, que já estou ansiosíssima pela leitura:




























1. O orfanato da Srta. Pelegrine: crianças peculiares – Ranson Riggs Editora Leya
2. O presenteCecília Ahern, da Editora Novo Conceito
3. Sábado sem noçãoLuisa Plaja, da iD Editora
4. Jogando Xadrez com os anjosFabiane Ribeiro, da Editora Universo dos Livros
5. 826 notas de amor para EmmaGarth Callaghan, da Editora Leya
6. Guia politicamente incorreto do sexoLuiz Felipe Ponde, da Editora Leya

Alguns ainda sei que estão pra chegar até o fim do mês, mas vou deixar pro próximo capítulo do diário.

Ah, também ganhei uma coleção de marcadores mais que especiais, afinal vieram do Canadá (Bibliotheque et Arquives Nationales de Quebec) e ganhei do amigo de profissão Thiago Marcondes. E já vou colocar na minha caixinha de marcadores especiais (uma hora mostro pra vocês minha coleção).







Tem mais uma coisa, já fiquei encantada esse mês por ver a nova capa do livro As Amazonas das Montanhas, da parceira Marih Macar, Editora Modo - gente digam se não é uma lindeza.... Já estou muito, mais muito ansiosa por esse livro, e já até reservei um espacinho por aqui na estante pra ele. (apelo pra autora rsrsrs)





Bom amorecos, por hoje é só, espero que tenham gostado, beijos e até a próxima!

[Livros de Domingo] - A vida na porta da geladeira - Alice Kuipers

Olá amorecos, muito frio por ai?! Pois então, aqui está um friozinho bem puxado – perfeito pra um livro dedomingo, daqueles que lemos em uma única sentada com uma xícara de café nas mãos pra aquecer.









































E a escolha de hoje foi um que estava há algum tempo na minha estante – acho que ganhei de uma colega na época da faculdade. O livro A vida na porta dageladeira – Alice Kuipers, da Editora WMF Martins Fontes é um daqueles livros que lemos rapidinho e tem uma linda história de vida.

“Um livro sobre arranjar tempo para quem se ama
 quando o próprio tempo está se esgotando”

Trata-se do retrato íntimo de uma médica e sua filha adolescente, narrado através de bilhetes trocados na porta da geladeira, entre ambas (pra quem me conhece sabe do meu amor por esses livros escritos em formato de bilhetes e cartas, então é claro que amei esse livro logo de cara). Esses bilhetes inicialmente se tratam de tarefas de mãe pra filha – como lista de compras e tarefas, mas com o passar das páginas, esses bilhetes vão se tornando bilhetes de superação e força de uma para outra.
Ambas, mãe e filha tem um relacionamento muito lindo, ainda mais nos dias atuais que é tão difícil vermos uma relação tão ímpar entre filhos e mães (perfeito pra o dia das mães que vem ai né gente).

Elas vão trocando bilhetes e a cada bilhete, é como se vivêssemos o dia a dia de cada uma:
Mamãe - enfrentando o câncer
Claire – Filha: tendo de lidar com as coisas de sua idade; seus pais separados e ainda a doença da mãe.

“... Você pode não acreditar, Claire, mas eu já tive 15 anos. Sei como é ter essa idade... Não há nenhum livro que ensine como viver ou como lidar com isso...” (Mamãe).

“Você é tão forte... Quando eu era pequena, já sabia que você era a mais forte de todas as mães, e a mais rápida..." (Claire)


Não tenho muito mais o que dizer dessa lindeza que mexeu bastante com meus sentimentos, seja pela história maravilhosa – com ensinamentos para a vida, ou ainda, pela edição que está uma graça.






















Ah! Quase esqueci de falar, vou fazer uma matéria com algumas portas de geladeira de amigos e conhecidos, se você quiser participar desse post entre em contato: graziellimoraes@hotmail.com

[Resenhas] - Alice - Letícia Pinho

Oie amorecos, hoje trago a resenha de um livro que definitivamente abalou meu coração - de forma positiva. 



O livro Alice da autora parceria Leticia Pinho (Editora Desfecho Romances), traz a história de Alice uma garota que na infância usava óculos fundo de garrafa e um aparelho horrível e que tinha a proteção de Max um garoto que foi para ela um anjo da guarda naquela época. No entanto, o tempo passa Max sumiu da escola por um período, e quando volta quase  não reconhece Alice que está totalmente diferente e muito mais bonita (lembrei da Bete a Feia). No entanto agora é um garoto super popular e namora com Juliet - uma garota irritante que por diversos momentos me fez ficar com vontade de dar na cara dela.







Ambos voltam a ser grandes amigos e os sentimentos de Alice em relação à Max é totalmente conflitante, a ponto de nem ela mesmo saber explicar o que acontece dentro de seu coração.

"... eu pensei que a paixonite havia acabado... não podia nega a paixonite não havia acabado..."

Até que surge um garoto novo na escola Lyen, que meche ainda mais com os sentimentos da garota e torna tudo ainda mais confuso dentro de sua cabeça. 

"... Nunca se sabe... as coisas podem mudar. O coração das pessoas é imprevisível..."

Sorte que ela pode contar com seus amigos Kim, Amanda, Janel, Gabriel, Kevin, Erick (#aindachateada Letícia) e com sua família, principalmente com seu irmão Noah que é um fofo gente e também se envolve em um certo triângulo amoroso.



Bom o que dizer sobre um livro que tem de tudo e mais um pouco, romance, triângulo amoroso (de uma maneira bem diferente - quebrando qualquer clichê), amizade, intrigas e assuntos polêmicos como bullying e pré-conceitos?! Pois é, assim é essa lindeza de livro, cheio de coisas intensas.



Algo muito legal é o fato da autora ter desenvolvido não só os personagens principais, mas todos os secundários,  de maneira a ter várias histórias dentro de uma única história, isso é bem difícil de ser visto nos livros atuais.

Devo dizer que a autora me fez ver o quanto é importante enxergar que as pessoas podem ter dois lados - por mais ruins que possam parecer, tem o lado bom e vice e versa. Além disso, tirou muitas lágrimas de meus olhos no decorrer da história colocando situações do cotidiano - como morte, corrupção - que pensamos que nunca vai acontecer com a gente. E não menos importante que isso, me proporcionou conhecer personagens brilhantes, cada um com suas características que me fizeram encontrar um pouquinho de mim mesma e de conhecidos em cada um deles. 
Em relação a edição do livro, gostei até, apesar de encontrar alguns erros bobos - palavras juntas, sem espaço - mas não me atrapalharam na hora da leitura.
E pra finalizar, quando recebi o livro tinha a seguinte frase, junto com o autógrafo da Letícia:

"... Sonhos não são impossíveis, basta acreditar..."

E de fato todo a história e a luta dos personagens em busca da verdade em todos os momentos me fizeram acreditar ainda mais nessa premissa.

In love por Max (que de início não suportava - talvez por não entender muito bem ele) e Lyen (perfeito).
Vou levar muitos ensinamentos pra vida com a leitura desse livro amorecos, e indico que também leiam, vão se surpreender. Novamente a Literatura Nacional veio me brindar.


[Quem é o/a autor(a)?] - Letícia

Oie amorecos, hoje trago pra vocês conhecerem a mais nova parceira do blog, Letícia de Pinho da Silva.



Ela tem 22 anos, mora no interior de Santa Catarina e escreve desde pequena.
Seu maior sonho é ser escritora, e sua maior paixão é contar histórias.
Alice é seu primeiro livro (que sai resenha aqui no blog amanhã \o/)publicado pela Desfecho Romances, e o próximo será Eternidade pela AZO (que também é parceira aqui do blog amorecos).



Alice conheceu Max quando era pequena, em um tempo em que ir para a escola era um perigo para seu lado emocional, graças aos seus óculos fundos de garrada e seu aparelho horrível. O garoto foi um anjo da guarda para ela, mas a vida de Max sofre uma reviravolta e ele abandona a escola por um tempo. Quando volta, Alice está totalmente diferente; ele parece não reconhecê-la. Então, aquele garoto fofo vira um garoto popular, namorado de Juliet e tudo vai por água abaixo. Mas o destino dá voltas e eles voltam a ser grandes amigos, mas não é o que Alice quer, decidida a não se machucar, ela se afasta dele, sem saber que as feridas já haviam sido cicatrizadas. É quando entra um novo garoto no colégio, Lyen, pronto para consolá-la, e quem sabe roubar seu coração. E assim, a vida dela vira de cabeça pra baixo.


Entre em contato com a autora:

Facebook AQUI


Espero que tenham curtido nossa nova parceira. Amanhã tem resenha do livro dela Alice, não percam.

Beijokas!!!

[Resenhas] - Este livro te ama - PiewDiePie

Oi amorecos, tudo bem com vocês?!
Hoje trago a resenha de um livro que fiquei mega curiosa pra ler assim que peguei em mãos  por ter visto em sua introdução que o livro trazia frases "inspiradoras". Sendo bem sincera  ao ler, não me interessei muito pelo livro, sei lá, seja pelo fato de eu não entender algumas coisas, ou achar algumas coisas muito ignorantes - opinião minha amorecos - mesmo ele tendo colocado no final do livro uma ilustração escrita Eu Menti, que eu acredito se tratar de uma retratação de algumas coisas, que eu particularmente não curti.



O livro Este livro te ama do mais famoso Youtuber do mundo PiewDiePie da Editora Leya, traz algumas frases e pensamentos de efeitos bem bizarros que nos fazem pensar em algumas coisas da vida, essa é uma das únicas coisas que gostei do livro, além é claro de se tratar de um livro com imagens e uma edição super legal e diferente.







Trata-se de um livro que pode ser lido em uma sentada e faz o leitor pensar em seus próprios defeitos e costumes e ainda ver certas coisas com mais diversidade, e traz mensagens subliminares e com duplo sentido ao leitor.
Mas ainda assim tiveram momentos que achei desnecessários, sei lá! Vou deixar alguns quotes pra vocês tirarem suas próprias conclusões amores:



"Nunca se esqueça que você é lindo"

"Correr dos seus problemas não te fará emagrecer"

"A perfeição é algo inalcançável, então aceite que você é um bosta"





Bom amorecos e por ai vai. Por isso zerei a nota desse livro, não curti muito não.